De novo! Cabos elétricos da orla da Lagoa Grande são furtados

Esse é o quarto furto consecutivo no local. Desta vez, o prejuízo foi estimado em R$ 10 mil.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Os cabos foram retirados da ilha da Lagoa Grande
Foto: Divulgação

Patos de Minas – A fiação elétrica da orla da Lagoa Grande foi novamente furtada entre a noite de terça-feira e a madrugada desta quarta-feira (02/02). A Polícia Militar foi acionada no início desta manhã. Esse é o quarto furto de cabos de cobre, sendo que a iluminação está comprometida a quase dois meses.

Segundo a prefeitura, os criminosos furtaram cabos da rede antiga e da nova, recém-instalada por uma empresa terceirizada. O valor do prejuízo foi estimado em R$ 10 mil.

A Secretaria Municipal de Obras ainda calcula quais materiais deverão ser comprados para reposição. O furto atrasou o cronograma de recuperação da iluminação da orla. A empresa estima que serão necessários no mínimo mais três dias de serviço.

Sobre a segurança na Lagoa Grande, a prefeitura alegou que a responsabilidade é do estado de Minas Gerais.

A Prefeitura de Patos de Minas está em contato com a Polícia Militar, uma vez que a segurança pública é dever do estado. De toda forma, a administração está buscando viabilizar segurança no local.

Vale destacar que é o quarto furto consecutivo de fiação elétrica na orla da Lagoa Grande. É uma questão de crime reincidente, configurando problema de segurança pública. O que compete à prefeitura tem sido feito, inclusive a área está como prioritária para receber a iluminação por LED a ser implantada dentro da PPP de Iluminação Pública.

QUAL SUA OPINIÃO? COMENTE!

1 Comentário
O mais novo
Mais antigo mais votado
Inline Feedbacks
View all comments
Corregedor de Marreteiros
02/02/2022 21:12

Para minimizar o furto/roubo, duas atitudes devem ser implementadas:
1) Cerco aos receptadores, fazendo buscas em ferros-velhos, por exemplo;
2) Cadeia e cacete nos marreteiros. Descobertos os animais (receptador e ladrão), é cortá-los no cacete e deixá-los a pão e água por uma semana.
Após o corretivo, é soltá-los, com o aviso de q, na reincidência, o couro e a cana virá em dobro.

A responsabilidade pelos comentários é dos respectivos autores. Eles não representam a opinião do Patos Notícias. Comentários com 15 votos negativos a mais que positivos são removidos.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NEWSLETTER

REPORTAR ERRO

Usamos cookies para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências.  Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.