Dados de vacinação são recuperados após ataque hacker, diz Ministério da Saúde

Site e sistemas da pasta sofreram ataque cibernético na última sexta-feira (10) e dados de vacinação ficaram comprometidos.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

O Ministério da Saúde informou, neste domingo (12), que o processo para recuperação dos registros dos brasileiros vacinados contra a Covid-19 foi finalizado, sem perda de informações.

Por meio de nota, a pasta acrescentou que “todos os dados foram recuperados com sucesso” e que no momento trabalha para restabelecer o mais rápido possível os sistemas para registro e emissão dos certificados de vacinação.

Ataque cibernético

Na madrugada da última sexta-feira (10), o site do Ministério da Saúde e a página e o aplicativo do ConecteSUS, que fornece o Certificado Nacional de Vacinação Covid-19, foram invadidos por hackers. O ataque cibernético foi assumido por “Lapsus$ Group” e, segundo mensagem deixada por eles no site, 50TB de dados dos sistemas foram copiados e excluídos.

A página do ministério voltou a funcionar pouco tempo depois do ataque, mas ainda não é possível acessar os dados sobre a vacina. O aplicativo e a página do ConectSUS continuam fora do ar, mais de 24 horas depois do episódio.

Além desses, o e-SUS Notifica, sistema de notificação de casos de Covid-19, e o Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunização (SI-PNI), que tem informações sobre cobertura vacinal e vacinação contra outras doenças no país, também foram afetados pelo ataque.

Por conta da situação, o governo federal adiou em uma semana a entrada em vigor das medidas de restrição para viajantes, estrangeiros ou não, que chegam ao Brasil. A ideia era que as medidas passassem a valer a partir do dia 11 de dezembro.

 

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NEWSLETTER

REPORTAR ERRO

Usamos cookies para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências.  Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.