Cruzeiro empata com CSA em casa e perde chance de se aproximar do G4

A raposa está provisoriamente na décima posição na tabela.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro

No estádio Independência, em Belo Horizonte, na noite desta terça (15), o Cruzeiro recebeu o CSA (AL) pela 29ª rodada da Série B e acabou empatado por 1 a 1. Antes da partida, o objetivo do técnico Felipão e do elenco da Raposa era conseguir mais três pontos para chegar nos 41 e finalizar o dia na parte de cima da tabela. Só que do outro lado, os alagoanos também tinham os objetivos no torneio. Vencendo e contando com uma derrota do Juventude para o Vitória na outra partida da noite, o CSA assumiria o terceiro lugar (dentro da zona de acesso à elite em 2021).

Cenário apontava um jogo bastante parelho e agitado. E foi isso que aconteceu. As emoções já começaram aos sete minutos. O atacante Nadson dos visitantes bateu forte de longe. A bola desviou e o goleiro Fábio segurou. Mas o lance levou perigo. Quatro minutos depois, o atacante Airton deu uma bomba de longe e forçou o goleiro Matheus Mendes, do CSA, a trabalhar para evitar o primeiro gol. Aos 20, Sobis e, aos 23, Jadson tentaram abrir o placar para o Cruzeiro. Mas não tiveram sucesso.

Logo na sequência, nasceu o gol do CSA. Aos 25, Yago mandou na cabeça do centroavante Pedro, que não perdeu a chance. Mandou para a rede cruzeirense. Quem achava que os visitantes iriam se acomodar com a vitória parcial, estava errado. Aos 32, Nadson roubou a bola do zagueiro Manoel, achou Andrigo bem posicionado e ele bateu cruzado. Depois de desviar na zaga, a bola quase entrou. Muito perigo. Aos 41, o CSA continuava melhor. Foi a vez do Rodrigo Pimpão mandar de cabeça para fora, mas muito perto do gol do Fábio. Aos 46, quem salvou o Cruzeiro foi Manoel. O zagueiro conseguiu chegar a tempo para cortar a finalização do atacante Pimpão.

No início da segunda etapa, o cenário não se alterou muito. A primeira chance foi do CSA. Logo aos dois minutos, Yago cruzou e Cáceres apareceu para salvar o Cruzeiro quando o Andrigo estava pronto para fazer mais um. Só que a partir daí o Cruzeiro foi crescendo no jogo. Aos cinco, Arthur Caíque acertou a rede pelo lado de fora. Um minuto depois, seguiu o bombardeio. E foi a vez do Sobis quase marcar. Aos 10, um balaço do meia Giovanni do meio da rua. E o goleiro do CSA, Matheus Mendes, teve que trabalhar para evitar o empate. Mas, no lance seguinte, não deu. Sobis, muito bem posicionado, aproveitou um rebote para empatar no Independência.

Aos 37, o goleiro Fábio salvou o Cruzeiro no susto quando Pedro Lucas completou de primeira o cruzamento do Diego Renan. Aos 42, Fábio fez outra grande defesa. Victor Paraíba, sozinho na área, bateu e o goleiro salvou o time mineiro.

Esse resultado deixou a Raposa mineira provisoriamente na décima posição com 39 pontos. Já o CSA perdeu uma boa chance de ingressar no G4. O clube de Alagoas fechou a rodada em sexto, com 45 pontos, apenas um de diferença do Juventude (atual quarto colocado). Na sexta-feira (18), o Cruzeiro vai até Florianópolis para enfrentar o Avaí. O CSA vai enfrentar o Juventude em Caxias do Sul no mesmo dia.

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
ATENÇÃO: Dê preferência em utilizar sua conta do Facebook ou Google para comentar. Comentários com cinco descutidas serão submetidos a moderação. Para denunciar um comentário, clique na bandeira vermelha.
Os comentários não refletem a opinião do portal. A responsabilidade dos comentários é integralmente de seus autores. O Patos Notícias se reserva ao direito de remover postagens que violem seus termos de uso ou as leis vigentes sem prévia notificação.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

REPORTAR ERRO

Sua privacidade é muito importante pra nós! Usamos cookies, rastreadores, para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências. Os cookies não permitem acesso a informações particulares, como nome, endereço, etc. Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.