Crianças teriam sido vítimas de estupro e primo é suspeito em Patos de Minas

O pai dos menores foi preso por suspeita de agressão e negligência.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

O Conselho Tutelar e a Polícia Militar registraram um caso de estupro de vulnerável na Chácaras Pôr do Sol em Patos de Minas na última segunda-feira, 14 de setembro. Segundo informações do Tenente Edmar, uma menina de 9 anos e seu irmão, de 7 anos, teriam sido vítimas do crime. O suspeito seria o primo delas, um adolescente de 16 anos.

Os fatos teriam acontecido a cerca de dez dias na comunidade rural de Curraleiro. Ainda segundo a PM, o pai ao tomar conhecimento teria batido nas criança com um cinto. No dia seguinte, o estupro teria voltado a se repetir e o homem trouxe os filhos para a cidade.

Na segunda (14), o Conselho Tutelar tomou conhecimento dos fatos e notificou a Polícia Militar que realizou a prisão do pai por suspeita de agressão e negligência. Já o adolescente de 16 anos, suspeito do estupro, ainda não foi localizado.

As vítimas foram conduzidas para o hospital para exames e em seguida levadas para o abrigo, juntamente com mais dois irmãos.

Assista a entrevista com o Tenente Edmar da Polícia Militar:

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
ATENÇÃO: Dê preferência em utilizar sua conta do Facebook ou Google para comentar. Comentários com cinco descutidas serão submetidos a moderação. Para denunciar um comentário, clique na bandeira vermelha.
Os comentários não refletem a opinião do portal. A responsabilidade dos comentários é integralmente de seus autores. O Patos Notícias se reserva ao direito de remover postagens que violem seus termos de uso ou as leis vigentes sem prévia notificação.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

REPORTAR ERRO

Sua privacidade é muito importante pra nós! Usamos cookies, rastreadores, para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências. Os cookies não permitem acesso a informações particulares, como nome, endereço, etc. Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.