Crianças começarão a ser vacinadas na quarta-feira (19) em Patos de Minas

A vacinação não é obrigatória. Na primeira fase serão contempladas crianças com deficiência permanente ou comorbidades.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

omeçará nessa quarta-feira (19/1), a vacinação NÃO OBRIGATÓRIA contra a Covid-19 para crianças de 5 anos completos a 11 anos em Patos de Minas. As remessas são enviadas ao município de forma fracionada, portanto as chamadas acompanharão a disponibilidade de estoque, mas sem necessidade de cadastro. Conforme definido em notas técnicas dos governos federal e estadual, o atendimento dessa faixa etária seguirá o seguinte critério de prioridade:

1- público com deficiência permanente ou com comorbidades (é necessário apresentar laudo médico, de no máximo dois anos, que comprove a condição de saúde; consulte a tabela aqui);

2- crianças indígenas que vivem em aldeias e crianças que vivem em comunidades quilombolas;

3- crianças sem comorbidades, em ordem decrescente de idade.

Os pais ou responsáveis legais devem estar presentes manifestando sua concordância com a vacinação dos filhos. Em caso de ausência deles, a aplicação da dose precisa ser autorizada por termo de assentimento impresso e original (baixe aqui). O imunizante aprovado para crianças de 5 a 11 anos é a Pfizer-BioNTech.

Local de vacinação – Pelo menos neste primeiro momento, as crianças serão vacinadas no ginásio 2 do Unipam, com entrada pela Rua Diacuí. Dentro do local, haverá área reservada e equipe exclusiva para o atendimento do público infantil. Na primeira remessa, chegaram 690 doses pediátricas, das quais parte será aplicada in loco na Apae e Associação Esperança Azul, restando 360 para as chamadas gerais de quarta e quinta-feira.

QUAL SUA OPINIÃO? COMENTE!

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
A responsabilidade pelos comentários é dos respectivos autores. Eles não representam a opinião do Patos Notícias. Comentários com 15 votos negativos a mais que positivos são removidos.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NEWSLETTER

REPORTAR ERRO

Usamos cookies para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências.  Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.