Vagas de emprego crescem em Uberlândia e Uberaba aponta CAGED

O CAGED divulgou no site do Ministério do Trabalho seus últimos dados referentes aos índices de emprego nos municípios

Compartilhe

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS!
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Foto: Reprodução

Os dados referentes ao índice de evolução de empregos do CAGED, ou Cadastro Geral de Empregados e Desempregados, divulgado nesta segunda-feira, dia 20 de novembro, no site do ministério do trabalho, demonstrou informações otimistas quanto ao mercado de trabalho em seus últimos resultados referentes a Outubro. Houve no Brasil um crescimento de 0,11% na geração de empregos referente ao mês anterior. O cadastro,possuidor de dados acumulados desde 2003, destacou um crescimento na diferença entre demissões e admissões, para um saldo positivo das admissões, em todo o estado de Minas Gerais. Um saldo de 4.509 vagas em todo o estado.

O município de Uberlândia, ranqueado como o segundo maior gerador de postos de emprego com carteira assinada no estado, perdendo apenas para a capital, obteve um saldo de 1.375 vagas, contra o saldo positivo de mais de três mil vagas no mesmo período, em Belo Horizonte. Em Uberlândia, o crescimento deste índice, considerável desde Janeiro do mesmo ano(2017), quando o saldo de geração de empregos era negativo, ultrapassando um déficit de 317 vagas negativas do primeiro mês do ano, está atualmente com um saldo positivo para este final de ano, ultrapassa as mil vagas disponíveis. Uma grande oportunidade para todos os uberlandenses e um demonstrativo promissor para o mercado de trabalho na região.

O ministro do trabalho, Ronaldo Nogueira comentou:  “O mercado de trabalho de Minas Gerais está aquecido, mostrando a força da economia do estado e os bons resultados das medidas que estamos adotando para o Brasil retornar aos trilhos do crescimento”. Ele também acrescenta que o crescimento do mercado formal brasileiro em outubro foi puxado por três setores. Ditos, o comércio, a indústria da transformação e o de serviços. “São setores que já vinham registrando números positivos. O crescimento destacado do Comércio já reflete, também, o otimismo e o aumento da produção da Indústria verificados em meses anteriores”.

Segundo o relatório, outros municípios, como Uberaba, também apresentaram um significativo crescimento na disponibilização de vagas de emprego com carteira assinada. O que pode realmente representar um aquecimento do mercado neste fim de ano, que talvez não seja apenas uma referencia às promoções sazonais da época, mas pode indicar uma real recuperação do mercado em geral, visto o crescimento nos índices do município e da união, apesar de algumas oscilações entre maio e Julho, mês este que apresentou os piores números do ano até o momento, chegando a mais de 400 vagas negativas no município de Uberlândia, quanto a diferença entre demissões e admissões. No entanto, o crescimento voltou a ocorrer nos meses seguintes, chegando à significativa marca apresentada nos últimos números divulgados pelo relatório.

QUAL SUA OPINIÃO? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles. Ao comentar você aceita nossos Termos de Uso e nossa Política de Privacidade.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NEWSLETTER

REPORTAR ERRO

Sua privacidade é muito importante pra nós! Usamos cookies, rastreadores, para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências. Os cookies não permitem acesso a informações particulares, como nome, endereço, etc. Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.