Cratera aberta em Petrópolis será fechada com 2,5 mil toneladas de pó de pedra

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Cratera na BR-040 será preenchida com 2,5 mil toneladas de pó de pedra

Cratera na BR-040 será preenchida com 2,5 mil toneladas de pó de pedra Divulgação/Prefeitura de Petrópolis

A Secretaria de Defesa Civil de Petrópolis, na região serrana do Rio de Janeiro, acompanha o serviço de preenchimento da cratera aberta na BR-040 (Rio-Juiz de Fora), na altura do quilômetro 81, na Comunidade do Contorno. O reparo foi iniciado ontem (16) pela Concer, que administra a rodovia.

- Continua depois da publicidade -

Ao todo, serão utilizados 2,5 mil toneladas de pó de pedra para estabilizar as paredes do buraco. O serviço deve terminar amanhã (18).

Os trabalhos de sondagem e de monitoramento, que vinham sendo realizados por uma empresa contratada pela Concer, serão retomados em outros trechos e obras na rodovia.

De acordo com o secretário de Defesa Civil de Petrópolis, Paulo Renato Vaz, técnicos da prefeitura analisam documentos enviados pela Concer, e a Defesa Civil “aguarda o relatório das frentes de avanço do túnel do desemboque até o último trecho escavado, além dos relatórios da Concer sobre as condições geológicas no desemboque”.

Vaz disse que recebeu da Concer 6.762 arquivos referentes à construção da Nova Subida da Serra, com a duplicação da pista, mas que faltam documentos mais específicos, fundamentais para a avaliação das causas que levaram à abertura da cratera. “Com base nesses documentos, mais o que estamos solicitando, além do resultado de estudos que vem sendo realizados no local, a Defesa Civil verificará que medidas devemos adotar”.


Problemas em visualizar essa matéria? Clique aqui e confira a íntegra.


Fonte: Agência Brasil

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- Continua depois da publicidade -