CPA promove reuniões para apresentar o Relatório Final de Autoavaliação do UNIPAM

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
1537880465
Foto: Divulgação

O Centro Universitário de Patos de Minas (UNIPAM) promoveu nos dias 18 e 19 de setembro, no Salão do Júri e no auditório do bloco N, respectivamente, duas reuniões para apresentar a importância da Comissão Própria de Avaliação (CPA) e o Relatório Final de Autoavaliação do UNIPAM, que representa o fechamento do ciclo avaliativo 2015-2017.

No primeiro dia do evento (18) estiveram presentes, coordenadores de curso, chefes de setor, funcionários e dirigentes do UNIPAM. Já no segundo dia (19), a reunião contou com a presença de representantes dos Diretórios Acadêmicos (DA’S), representantes de turma e membros do Diretório Central dos Estudantes (DCE).

- Continua depois da publicidade -

Na oportunidade, o presidente da CPA, professor Ronaldo Caixeta apresentou a Comissão, falou sobre a metodologia da avaliação institucional que é formada pelos eixos de “Planejamento e Avaliação Institucional”, “Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI)”, “Políticas Acadêmicas”, “Políticas de Gestão” e “Infraestrutura Física”. Além disso, ele falou também sobre os conceitos e os diagnósticos obtidos nas avaliações in loco, as formas da divulgação do relatório institucional, dentre outros.

A CPA foi criada em 2004 e é formada por uma equipe de nove membros, composta por docentes, funcionários, alunos e sociedade civil. A Comissão faz parte do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (SINAES), sistema que estabelece que as universidades desenvolvam o seu processo de avaliação dentro de um período de três anos. No UNIPAM, a autoavaliação institucional foi realizada de 2015 a 2017.

Fonte: Centro Universitário de Patos de Minas – UNIPAM

- Continua depois da publicidade -

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- Continua depois da publicidade -