COVID-19: Patos de Minas tem aumento de curados e de internações nas últimas 24h

86,6% das pessoas que contraíram a doença já se recuperaram.

Compartilhe

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS!
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Patos de Minas registrou um novo caso de COVID-19 e 53 novos curados nas últimas 24 horas, segundo dados divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde nesta quarta-feira (26/08). Por outro lado, o número de internações cresceu. Quatro novas pessoas, que testaram positivo, foram internadas. Considerando os casos confirmados e suspeitos, juntos, o cenário é ainda mais preocupante, 25 novas internações.

  • Casos Confirmados: 1.775
  • Internados na UTI: 11
  • Internados em Leitos Clínicos: 11
  • Recuperando em Casa: 175
  • Mortes Confirmadas: 40
  • Curados: 1.538
  • Taxa de Cura: 86,6%

Internações (Confirmados + Suspeitos)

  • Leitos Clínicos: 31
  • Leitos de UTI: 18
  • Total: 49

Os pacientes internados que são considerados suspeitos aguardam a conclusão do exame de COVID-19.

Ocupação dos Leitos

Segundo os dados da Secretaria Municipal de Saúde de Patos de Minas, na rede pública, 90% dos leitos de UTI/COVID e 31,71% dos leitos clínicos/COVID estão ocupados.

Considerando a rede pública e particular, a ocupação dos clínicos/COVID é de 49,18% e das UTIs/COVID é de 100%. O número de internações na UTI particular é superior ao número de leitos cadastrado para a doença, por esse motivo há um excedente na porcentagem, se comparado ao sistema público.

🔔 ATIVAR NOTIFICAÇÕES

QUAL SUA OPINIÃO? COMENTE!

Os comentários não representam a opinião do Patos Notícias. A responsabilidade pelos comentários é dos respectivos autores.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NEWSLETTER

REPORTAR ERRO

Sua privacidade é muito importante pra nós! Usamos cookies, rastreadores, para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências. Os cookies não permitem acesso a informações particulares, como nome, endereço, etc. Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.