Covid-19: MG tem recorde de mortes em 24 horas

Triângulo Notícias traçou ritmo de crescimento dos óbitos no estado.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Coronavírus Minas Gerais
Foto: Pixabay/Divulgação (Secretaria Estadual de Saúde)

A Secretaria Estadual de Saúde divulga diariamente o boletim epidemiológico relativo ao novo coronavírus, covid-19, em Minas Gerais. Segundo dados desta quarta-feira (29/04), o estado registra 80 mortes e 1.678 casos confirmados (pacientes vivos). Outros 95 óbitos estão em investigação e 394 foram descartados.

O Triângulo Notícias comparou a evolução no número de óbitos no período de 30 março (1º registro) até 29 de abril. Veja a seguir

- Continua depois da publicidade -
  • 30/03 – 01 morte
  • 31/03 – 02 mortes
  • 01/04 – 03 mortes
  • 02/04 – 04 mortes
  • 03/04 – 06 mortes
  • 04/04 – 06 mortes
  • 05/04 – 06 mortes
  • 06/04 – 09 mortes
  • 07/04 – 11 mortes
  • 08/04 – 14 mortes
  • 09/04 – 15 mortes
  • 10/04 – 17 mortes
  • 11/04 – 17 mortes
  • 12/04 – 20 mortes
  • 13/04 – 23 mortes
  • 14/04 – 27 mortes
  • 15/04 – 30 mortes
  • 16/04 – 33 mortes
  • 17/04 – 35 mortes
  • 18/04 – 39 mortes
  • 19/04 – 39 mortes
  • 20/04 – 41 mortes
  • 21/04 – 44 mortes
  • 22/04 – 47 mortes
  • 23/04 – 51 mortes
  • 24/04 – 54 mortes
  • 25/04 – 58 mortes
  • 26/04 – 61 mortes
  • 27/04 – 62 mortes
  • 28/04 – 71 mortes
  • 29/04 – 80 mortes

Nos últimos dois dias, 28 e 29/04, o estado registrou nove mortes a mais com relação ao dia anterior. No período analisado esse é o maior índice de crescimento em 24 horas.

Perfil dos Mortos

A Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais também divulga o perfil dos mortos pela covid-19. Segundo dados de 29/04, 44 vítimas são do sexo masculino e 36 do sexo feminino. 80% dos mortos tem 60 anos ou mais e 85% possuíam algum fator de risco (obesidade, câncer, diabetes, etc).

 

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- Continua depois da publicidade -