Coronavírus em Patos de Minas: comitê é criado

Órgãos de saúde vão compor a comissão, cujo foco, no momento, será a prevenção contra o vírus. Município tem dois casos suspeitos.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Coronavírus em Patos de Minas: comitê é criado
Foto: Divulgação

A rápida disseminação geográfica apresentada pelo Covid-19 levou a Organização Mundial de Saúde (OMS) a declarar pandemia de coronavírus. Com a mudança de classificação, cada país passa a desenvolver um plano de ação para conter o aumento de casos. Atentas ao atual cenário, a Secretaria Municipal de Saúde e a Superintendência Regional de Saúde (SRS) de Patos de Minas já preparam a criação de um comitê de acompanhamento da doença, ação que começou a ser desenhada nesta sexta-feira (13), quando representantes dos dois órgãos reuniram-se com o prefeito José Eustáquio Rodrigues Alves.

Ao apresentar a iniciativa ao chefe do Executivo, a diretora adjunta da SRS, Noemi Portilho, explicou que o comitê atuará em quatro eixos: assistência médica, assistência farmacêutica, informação e prevenção, sendo as medidas preventivas o principal foco a ser trabalhado com a população local no momento. “Não existe estrutura assistencial para um grande atendimento, por isso prevenir é essencial. Serão, pelo menos, quatro meses de atenção e alerta no comportamento”, disse, explicando que não há motivo para pânico, uma vez que Patos de Minas tem apenas dois casos suspeitos.

O comitê, a princípio, fará reuniões semanais, podendo haver encontros extras sempre que necessário, uma vez que os dados sobre a pandemia são atualizados constantemente. Para fortalecer e tornar mais efetivo o trabalho, serão envolvidos outros órgãos e empresas que lidam com grande número de pessoas, como terminal rodoviário, Pássaro Branco (transporte coletivo urbano), taxistas e mototaxistas, polícias Militar e Rodoviária Federal, escolas. A ideia é que eles sejam propagadores de informações de como prevenir a contaminação por coronavírus. O encontro com esses grupos está previsto para o início da próxima semana.

Casos suspeitos em Patos de Minas

Segundo a Diretora Municipal de Vigilância em Saúde, Geise Marques, os dois casos suspeitos em Patos de Minas são de moradores que retornaram da Europa. O material biológico deles foi coletado esta semana e encaminhado para análise na Fundação Ezequiel Dias (Funed), em Belo Horizonte. Eles passam bem e estão sendo monitorados.

Geise Marques ressalta que os profissionais de saúde de Patos de Minas, das redes pública e privada, estão capacitados a identificarem os sintomas da doença. Os principais deles são febre, cansaço e tosse seca, mas parte dos pacientes pode apresentar dores, congestão nasal, coriza e diarreia. Segundo o Ministério da Saúde há também infectados que podem não apresentar sintomas.

Na Plataforma Integrada de Vigilância em Saúde, o Ministério da Saúde lançou uma página específica do coronavírus, na qual disponibiliza o número de notificações por estado. Em Minas Gerais, são 117 casos suspeitos, 1 confirmado e 22 descartados. A pasta também lançou o aplicativo Coronavírus – SUS, para IOS e Android.

Contágio do Coronavírus

A doença causada pelo novo coronavírus pode se espalhar desde que alguém esteja distante pelo menos dois metros de uma pessoa infectada. O contágio ocorre por gotículas de saliva, espirro, tosse ou catarro, que podem ser repassados por toque ou aperto de mão, objetos ou superfícies contaminados pelo vírus.

QUAL SUA OPINIÃO? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. A responsabilidade dos comentários é integralmente de seus autores. Comentários que são considerados como spam ou ofensivos devem ser denunciados diretamente ao Facebook. O Patos Notícias se reserva ao direito de remover postagens que violem seus termos de uso ou as leis vigentes sem prévia notificação. 

NOTÍCIAS RELACIONADAS

REPORTAR ERRO

Sua privacidade é muito importante pra nós! Usamos cookies, rastreadores, para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências. Os cookies não permitem acesso a informações particulares, como nome, endereço, etc. Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.