COPASA esclarece sobre o início da cobrança pelo tratamento de esgoto em Patos de Minas

Companhia ainda destacou que houve uma redução na tarifa de coleta de esgoto em novembro.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Coletiva de Imprensa COPASA
Foto: Lélis Félix (Patos Notícias)

A COPASA (Companhia de Saneamento de Minas Gerais) concedeu entrevista coletiva na manhã desta segunda-feira (23/11) em Patos de Minas. A superintendente da Unidade de Negócio Oeste (UNOE), Cristiane Carneiro, explicou o reajuste na taxa de esgoto que começará a ser aplicado em janeiro de 2021.

Conforme já noticiado pelo Patos Notícias, haverá um aumento de 8%. Atualmente, os consumidores pagam pela coleta do esgoto (25% do valor gasto em água). A partir de janeiro o valor será de 33% (coleta + tratamento). Segundo a regulamentação da ARSAE (Agencia Reguladora de Serviços de Abastecimento de Agua e de Esgotamento Sanitário do Estado de Minas Gerais) a empresa pode cobrar até 100% do consumido em água.

A Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) funciona desde 2013. Atualmente 90% dos resíduos chegam até a estação. São 58 mil ligações em Patos de Minas, sendo que cerca de 7 mil não estão conectadas a ETE. Os consumidores de imóveis que não possuem ligação com a estação não serão cobrados pelo tratamento, apenas pela coleta (25%).

Em 2019, a COPASA e a Prefeitura de Patos de Minas celebraram um aditivo contratual que prevê a cobrança gradual pelo tratamento de esgoto. Veja como funcionará a evolução da cobrança.

  • Janeiro de 2021 – 33%
  • Julho de 2021 – 2/3 (dois terços)
  • Janeiro de 2022 – 100%

Cristine Carneiro também destacou que não houve aumento na conta em novembro e sim uma redução. A ARSAE autorizou um reajuste na taxa de coleta de esgoto, de 31% para 25%, ou seja uma redução de 6%. Por outro lado, a tarifa pelo consumo de água cresceu em 3,04%. A diferença dos percentuais resultou em uma conta 3% mais barata ao consumidor.

Durante a coletiva, os jornalistas questionaram a respeito do mau cheiro nas imediações da Av. Padre Almir Neves de Medeiros, no bairro Guanabara. No local termina a canalização do Córrego da Cadeia. Conforme noticiado pelo Patos Notícias em 05 de agosto (clique aqui e relembre) uma espécie de “Lagoa de Esgoto” teria se formado. O engenheiro de sistemas, Júlio Cézar Caetano, explicou que várias ligações irregulares de esgoto na rede pluvial foram removidas e o problema solucionado. A Operação “Caça-Esgoto” utiliza câmeras para verificar descartes clandestinos no interior das galerias.

Sobre a intermitência no abastecimento, Cristiane voltou a ressaltar que a elevação na temperatura, e por consequente no consumo, causou o problema, que já foi resolvido.

Por fim, os profissionais da companhia pediram que a população colabore. Ao presenciar qualquer problema com a prestação do serviço, como paralização no abastecimento, vazamento de esgoto, etc, que comunique através do telefone 115 ou pelos canais digitais da empresa (copasaatende.powerappsportals.com).

Assista a íntegra da coletiva:

Vídeo: Veja como funciona a Estação de Tratamento de Esgoto (ETE):

QUAL SUA OPINIÃO? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. A responsabilidade dos comentários é integralmente de seus autores. Comentários que são considerados como spam ou ofensivos devem ser denunciados diretamente ao Facebook. O Patos Notícias se reserva ao direito de remover postagens que violem seus termos de uso ou as leis vigentes sem prévia notificação. 

NOTÍCIAS RELACIONADAS

REPORTAR ERRO

Sua privacidade é muito importante pra nós! Usamos cookies, rastreadores, para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências. Os cookies não permitem acesso a informações particulares, como nome, endereço, etc. Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.