“Copasa é boa para seus acionistas e ruim para a população” afirma pré-candidato ao governo de MG

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Foto: Divulgação

Pré-candidato ao governo de Minas Gerais, Marcio Lacerda (PSB) encerrou neste sábado uma visita de dois dias a Divinópolis durante as comemorações pelos 106 anos da “princesa do Oeste”. O ex-prefeito de Belo Horizonte cumpriu uma série de compromissos na cidade, que incluíram encontros com prefeitos e lideranças políticas, entrevistas para a imprensa e uma visita a DivinaExpo, uma das maiores exposições do Brasil.

Marcio Lacerda voltou a criticar a atual administração do estado. De acordo com Marcio, a ineficiência na gestão das estatais e o atraso no pagamento dos salários dos servidores mostram que Minas Gerais precisa de profundas mudanças para voltar a crescer. “Neste momento em que os servidores continuam sem receber seus salários em dia, é lamentável ver que a Cemig se tornou um verdadeiro cabide de empregos e que a Copasa segue dando lucro para os seus acionistas, mas atendendo muito mal as pessoas”, disse.

- Continua depois da publicidade -

O ex-prefeito de BH foi recebido em Divinópolis pelo deputado federal Jaime Martins (Pros), nome mais cotado para integrar a chapa majoritária como candidato a vice-governador. De acordo com Marcio, uma das principais missões do próximo governador será enxugar a máquina pública e reduzir impostos para que Minas Gerais volte a atrair grandes investimentos. “De 2011 a 2017 Minas Gerais cresceu 0,2%, enquanto o Brasil cresceu 3,2% e o mundo cresceu em média 28%. Os últimos governos deixaram nosso estado em uma situação de desastre total”, afirmou Marcio Lacerda.

Marcio disse ainda que o caos vivido em todo o país nas últimas semanas evidenciou a insatisfação da população com a elevada carga de impostos que incidem sobre quem trabalha e produz.  “O tamanho do Estado não cabe mais na economia brasileira. É preciso cortar gastos e reduzir impostos”, concluiu.

- Continua depois da publicidade -

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- Continua depois da publicidade -