Conta bancária virtual no WhatsApp seria adotada por 44% dos usuários

Preferência foi considerada caso fosse possível fazer transações no app.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Conta bancária virtual no WhatsApp seria adotada por 44% dos usuários
Foto: Divulgação

A cada atualização dos aplicativos, diversas funcionalidades são disponibilizadas e crescem as expectativas sobre as novas funções. Entre as novidades sonhadas por 53% dos usuários de WhatsApp está a possibilidade de realizar pagamentos e transferências de dinheiro pelo aplicativo. É o que revela o Panorama Mensageria no Brasil, uma pesquisa independente produzida entre a Opinion Box e o site de notícias Mobile Time com 1.781 pessoas que possuem smartphone.

Segundo apurou a pesquisa, o percentual equivale a aproximadamente 50 milhões de pessoas, com 16 anos ou mais, considerando os dados disponibilizados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IGBE) e pela pesquisa TIC Domicílios. Entre os entrevistados, 44% optariam por gerenciar o próprio dinheiro por meio de conta bancária virtual no WhatsApp, 37% associariam o aplicativo à conta tradicional e 19% vincularia ao cartão de crédito.

- Continua depois da publicidade -

Entre as usuárias do app, Vanessa Pinheiro, de 28 anos, destaca que realiza diversas transações pelo celular, mas seria necessário avaliar a confiabilidade do serviço antes de utilizá-lo. “Depende muito. Se eu considerar que a plataforma é segura, que existe integração com o estabelecimento que deve receber o meu pagamento, acredito que usaria”, sinaliza a jornalista.

Em geral, Pinheiro costuma usar o aplicativo da agência bancária onde mantém a conta corrente para realizar grande parte das transações financeiras. “Eu faço tudo: transferências, pagamentos, tudo. Só vou ao banco praticamente para sacar dinheiro, quando necessário. Acho o serviço muito prático por não precisar me deslocar e também por questão de segurança. Muitas vezes, nós vamos à agência física e não nos sentimos seguros”, pontua.

Na edição, foram entrevistadas 1.984 pessoas que acessam a internet e tinham telefone celular. Destas, 90% declararam ter smartphone: aparelho com tela sensível ao toque e possibilidade de instalar/desinstalar aplicativos livremente. O mais popular para a troca de mensagens entre os usuários, o WhatsApp está instalado em 97% dos aparelhos, seguido pelo Facebook Messenger (73%) e o Telegram (15%). A pesquisa tem como margem de erro de 2,2 pontos percentuais e grau de confiança de 95%.

Não foram avaliados modelos de negócio ou limite de valor que os usuários estariam dispostos a pagar pelo serviço, mas há destaque para o grande potencial da ferramenta. O Panorama Mensageria no Brasil destaca que “os resultados indicam um interesse bastante grande e uma oportunidade para o WhatsApp de não apenas se conectar aos bancos mas de oferecer um serviço próprio de conta virtual”.

O Brasil é o segundo maior mercado do serviço de mensagens no mundo. Em primeiro lugar está a Índia, onde o aplicativo iniciou, em versão de teste, desde fevereiro de 2018, a realização de transferências e pagamentos por meio do chat. O serviço ainda não tem previsão de chegar ao Brasil.

Fonte: Tunísia Cores – Ascom Educa Mais Brasil

- Continua depois da publicidade -

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- Continua depois da publicidade -