Congresso retoma votação de vetos presidenciais após tumulto em sessão

Compartilhe

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS!
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Brasília - O presidente do Senado, Eunício Oliveira, preside sessão do Congresso Nacional para analisar e votar vetos presidenciais (Geraldo Magela/Agência Senado)

O presidente do Senado, Eunício Oliveira, preside sessão do Congresso Nacional para analisar e votar vetos presidenciais Geraldo Magela/Agência Senado

A votação dos vetos presidenciais em sessão do Congresso Nacional precisou ser suspensa temporariamente em razão do acirramento de ânimos no plenário da Câmara dos Deputados. O presidente do Congresso, senador Eunício Oliveira, suspendeu os trabalhos por 10 minutos depois que um grupo de parlamentares subiu até o espaço da Mesa Diretora e cercaram a cadeira da presidência, precisando ser contidos por policiais legislativos.

O tumulto começou depois que o deputado Wewerton Rocha (PDT-MA) jogou um livro do regimento interno da Câmara dos Deputados na Mesa Diretora, revoltado pela condução da votação de um veto sobre a lei que institui o Cartão Reforma.

Houve bate-boca e vários senadores de oposição se queixaram porque a votação tinha sido encerrada antes que todos os líderes partidários fizessem o encaminhamento para suas bancadas. Rocha tentou fazer uma questão de ordem ao presidente que conduzia os trabalhos no momento, senador João Alberto Souza (PMDB-MA). No entanto, Souza rejeitou a questão de ordem e passou a cadeira a Eunício Oliveira, que retornava ao plenário no momento em que o livro foi jogado.

Após o tumulto, Eunício retomou a votação do veto, permitindo que os demais líderes que ainda não tinham feito os encaminhamentos pudessem orientar suas bancadas e o painel foi reaberto para nova votação.

Votações

Até o momento, já foram votados sete vetos presidenciais a projetos de lei, sendo que um foi derrubado. Os parlamentares retomaram o texto aprovado sobre projeto que permite que empresas contratantes de aprendizes inscrevam até 10% da cota de jovens em cursos de prestação de serviços de infraestrutura esportiva.

Fonte: Agência Brasil

QUAL SUA OPINIÃO? COMENTE!

guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
A responsabilidade pelo comentário é totalmente do respectivo autor. Comentários com 15 votos negativos a mais que positivos serão removidos automaticamente. Achou um comentário ofensivo? Clique em "denunciar".

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NEWSLETTER

REPORTAR ERRO

Sua privacidade é muito importante pra nós! Usamos cookies, rastreadores, para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências. Os cookies não permitem acesso a informações particulares, como nome, endereço, etc. Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.