Agressão envolvendo casal homoafetivo vira caso de polícia em Patos de Minas

Um jovem de 28 anos levou uma garrafada na cabeça e o suspeito, companheiro dele, andou nu pelo saguão do hotel.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Na madrugada deste sábado (30/01), um rapaz de 23 anos foi parar na delegacia suspeito de agredir o companheiro de 28 anos em um hotel de Patos de Minas. O recepcionista acionou a PM relatando que por volta das 05h, o hospede de 28 anos, desceu as escadas correndo com o rosto ensanguentado e pedindo por socorro. Logo atrás, outro hospede de 23 anos, que estava no mesmo quarto, desceu as escadas “nu”, tentando agredir o companheiro.

O recepcionista disse que o rapaz de 23 anos passou a gritar para alguém matá-lo e depois deitou no chão e ficou desacordado. Imediatamente, o SAMU foi acionado e durante o atendimento, a equipe médica constatou que o rapaz estava fingindo o desmaio e que ele não tinha nenhuma lesão.

Em conversa com os militares, o rapaz, de 28 anos, disse que mora em Brasília, e que há dois meses mantém um relacionamento com o outro jovem. Sobre desentendimento, ele disse que estava tomando banho e que em certo momento, sem motivos aparentes, o companheiro entrou no banheiro e o agrediu com uma garrafada na cabeça.

O agressor, foi levado para a UPA e após ser medicado e liberado, foi encaminhado para a delegacia de Polícia Civil. Sobre o motivo da agressão, ele não disse o que teria acontecido.

QUAL SUA OPINIÃO? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. A responsabilidade dos comentários é integralmente de seus autores. Comentários que são considerados como spam ou ofensivos devem ser denunciados diretamente ao Facebook. O Patos Notícias se reserva ao direito de remover postagens que violem seus termos de uso ou as leis vigentes sem prévia notificação. 

NOTÍCIAS RELACIONADAS

REPORTAR ERRO

Sua privacidade é muito importante pra nós! Usamos cookies, rastreadores, para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências. Os cookies não permitem acesso a informações particulares, como nome, endereço, etc. Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.