Condenado por homicídio é preso após 14 anos

O crime aconteceu em 2004 em Tiros/MG. O caso foi julgado em 2017, segundo o TJMG.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Após 14 anos, condenado por homicídio é preso pela PMR
Foto: Divulgação (Polícia Militar Rodoviária/PMR)

A Polícia Militar Rodoviária (PMR) prendeu na manhã desta segunda-feira (29/07) um homem de 56 anos com mandado de prisão por homicídio em aberto. Ele estava trafegando pelo KM 66 da MG-230, município de Serra do Salitre, quando foi parado em uma blitz.

Os policiais ao verificar o sistema informatizado constataram a existência de um mandado de prisão, por homicídio, em desfavor do motorista. O mandado foi emitido na comarca de Tiros/MG. O homem foi conduzido para a delegacia de Polícia Civil em Patrocínio.

O homem estava uniformizado e dirigia um veículo emplacado em Carmo do Paranaíba. A princípio, ele estaria trabalhando naquela cidade.

Segundo apurado pelo Triângulo Notícias, junto ao TJMG (Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais), o homem foi condenado por homicídio qualificado. O crime aconteceu no dia 25 de setembro de 2004 na zona rural de Tiros.

Segundo a acusação, no momento em que retornavam de um bar o homem e a vítima se desentenderam. E em ato contínuo, desceram do caminhão em que estavam e entraram em luta corporal. A vítima foi nocauteada e caiu ao solo. Neste momento, o homem teria entrado caminhão e atropelado a vítima.

Ele foi condenado a dez anos de prisão em regime fechado. O julgamento, segundo o TJMG, foi em 2017.

QUAL SUA OPINIÃO? COMENTE!

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
A responsabilidade pelo comentário é totalmente de seu respectivo autor. Comentários com 15 votos negativos a mais que positivos serão removidos automaticamente. Achou um comentário ofensivo? Clique em "denunciar".

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NEWSLETTER

REPORTAR ERRO

Sua privacidade é muito importante pra nós! Usamos cookies, rastreadores, para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências. Os cookies não permitem acesso a informações particulares, como nome, endereço, etc. Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.