Como o MEI pode obter crédito para o negócio?

Sebrae Minas realiza super live sobre o tema na próxima quarta-feira (27/05).
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Com a pandemia do coronavírus, muitos microempreendedores viram seu faturamento cair drasticamente. E aí surge a dúvida: crédito é a melhor solução para o meu negócio? Para ajudar os empresários nessa avaliação, o Sebrae Minas realiza, na próxima quarta-feira (27), das 10h às 11h, a super live MEI: em tempo de coronavírus, como obter crédito para seu negócio? A inscrição é gratuita e pode ser feita no site sebrae.com.br/minasgerais.

A busca de crédito pelos pequenos negócios tem aumentado nos últimos meses, por conta das dificuldades financeiras agravadas pela pandemia. De acordo com o Sebrae, o percentual de empresários que solicitou crédito desde o início da crise subiu de 30%, no início de abril, para 38%, de acordo com a terceira edição da pesquisa* realizada pela instituição, entre os dias 30 de abril e 5 de maio.

- Continua depois da publicidade -

Mas pegar dinheiro emprestado sem planejamento significa contrair uma dívida que pode complicar ainda mais a saúde financeira do negócio. Na super live da próxima quarta-feira, o gerente de Desenvolvimento Econômico do Sebrae Minas, Alessandro Chaves, aborda o assunto e orienta os microempreendedores sobre alternativas para o segmento.

A super live faz parte da série Sebrae Responde, programação 100% online e gratuita totalmente dedicada aos Microempreendedores Individuais (MEI). A primeira temporada inclui super lives, vídeos, podcasts e coletâneas de conteúdos sobre a abertura e o dia a dia do MEI, em um cenário de desafios trazidos pela pandemia do novo coronavírus. A programação vai até o dia 29 de maio.

Super live ‘MEI: em tempo de coronavírus, como obter crédito para seu negócio?

27/05, das 10h às 11h

Inscrição gratuita: sebrae.com.br/minasgerais

- Continua depois da publicidade -

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- Continua depois da publicidade -