Comitê Paralímpico Internacional decide manter suspensão da Rússia

Compartilhe

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS!
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

O Comitê Paralímpico Internacional (IPC) decidiu manter nesta quinta-feira (7) a suspensão ao Comitê Paralímpico Russo, devido escândalo de doping que explodiu após a publicação do relatório McLaren. As informações são da Agência EFE.

Os atletas do país, no entanto, poderão competir como neutros nas competições classificatórias para os Jogos de Inverno de PyeongChang, em 2018, a partir do cumprimento de condições exigidas pelo IPC.

Entre os requisitos estipulados estão a necessidade de obter uma licença especial provisória, além da realização de exames antidoping, dentro de critérios estabelecidos pelo organismo, ou seja, duas vezes nos seis meses que antecedem grandes eventos.

O Comitê Paralímpico Internacional divulgou ainda que “sob nenhuma circunstância permitirá que funcionários, membros ou outros representantes do governo russo, ou autoridade do comitê local, de estarem nos Jogos de Inverno”.

“Não queremos ter uma situação em que os atletas russos não possam se classificar, se o Comitê cumprir com critérios de reinstalação. Por isso, iniciamos uma medida provisória limitada, que durará, ao menos, até a próxima revisão do caso, em novembro”, afirmou o presidente do IPC, Philip Craven.

O Comitê Paralímpico Internacional suspendeu a Rússia em agosto de 2016, devido a conclusões do relatório independente feito pelo professor canadense Richard McLaren, a partir da Agência Mundial Antidoping (WADA), que apontou para um esquema de uso de substâncias ilegais patrocinado pelo estado.

Edição:

Fonte: Agência Brasil

QUAL SUA OPINIÃO? COMENTE!

guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
A responsabilidade pelo comentário é totalmente do respectivo autor. Comentários com 15 votos negativos a mais que positivos serão removidos automaticamente. Achou um comentário ofensivo? Clique em "denunciar".

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NEWSLETTER

REPORTAR ERRO

Sua privacidade é muito importante pra nós! Usamos cookies, rastreadores, para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências. Os cookies não permitem acesso a informações particulares, como nome, endereço, etc. Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.