Comércio registra maior nível de pontualidade de pagamentos em abril

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
dinheiro

As micro e pequenas empresas do setor comercial apresentaram o maior nível de pontualidade de pagamentos em abril representando 96,4%, sengundo SerasaAgencia Brasil

A pontualidade de pagamentos das micro e pequenas empresas atingiu 95,7% em abril deste ano, o que significa que a cada mil pagamentos feitos no mês, 957 foram quitados à vista ou com atraso máximo de sete dias. Este nível de pontualidade foi maior que os 94,5% registrados em março e superior também aos 95,4% de abril do ano passado. Foi o terceiro mês do ano em que a pontualidade de pagamentos ficou superior ao valor registrado no ano passado.

- Continua depois da publicidade -

Os dados foram divulgados nesta terça-feira (30) pela Serasa Experian, serviço de informações para empresas. Segundo os economistas da entidade, a redução da inflação, dos juros, a retomada gradual do crescimento da economia e a racionalização de custos e despesas refletem na redução do valor médio de pagamentos e “têm contribuído para a pequena melhora dos níveis de pontualidade deste ano em relação aos observados no ano anterior”, diz o comunicado.

As micro e pequenas empresas do setor comercial apresentaram o maior nível de pontualidade de pagamentos em abril representando 96,4%. Nas indústrias, a pontualidade de pagamentos foi 95,4% neste quarto mês do ano e nas micro e pequenas empresas do setor de serviços a pontualidade foi 94,8% em abril.

Em abril, o valor nominal médio dos pagamentos feitos em dia foi R$ 1.941, queda de 2,9% em termos nominais comparando-se com abril de 2016. O valor médio mais alto foi registrado pelos pagamentos pontuais das empresas comerciais (R$ 1.970), seguido pelos pagamentos das empresas de serviços (R$1.851) e pelas micro e pequenas empresas industriais (R$ 1.845).

Fonte: Agência Brasil

- Continua depois da publicidade -

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- Continua depois da publicidade -