Com habilitação e pagamentos, hemodiálise continua na Clínica do Rim

Segundo a direção, a dívida do SUS com a clínica é de aproximadamente R$ 1,3 milhão. Acordo na Justiça viabilizou pagamento.

Compartilhe

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS!
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Clínica do Rim - hemodiálise
Foto: Igor Nunes (Patos Notícias)

A direção da Clínica do Rim do Alto Paranaíba informou na manhã desta segunda-feira (23/8) que os pacientes renais não precisam se preocupar porque o atendimento seguirá normalmente. Na última sexta-feira (20) o Ministério da Saúde habilitou a clínica através de decisão judicial.

Outro impasse que colocava em risco a continuidade do serviço foi resolvido. O pagamento pela homodiálise através do SUS (Sistema Único de Saúde) será liberado.

Uma parte do valor será paga nesta segunda-feira (23). A união repassará o restante do valor até setembro. Em acordo judicial ficou definida uma multa de R$ 20 mil por dia em caso de atraso nos repasses.

O diretor da clínica, o médico nefrologista Ricardo Borges, informou que o atendimento foi mantido, até então, com recursos próprios da empresa. “O absurdo, a revolta nossa, é com a demora que está sendo este repasse. A gente acredita que isso está caminhando para ser resolvido” pontuou ele.

Atualmente são cerca de 23 municípios atendidos pela Clínica do Rim. Ainda segundo o diretor da clínica, a tabela do SUS está devassada já que não é atualizada há cinco anos. “Hoje o que se paga por uma sessão de hemodiálise é R$ 194,00 por sessão. Isso pra gente cobrir todas as despesas, como água, luz, profissionais e materiais. Os insumos aumentaram muito o valor, principalmente por causa da pandemia. Por isso está sendo complicado gerenciar isso, com uma dívida tão alta do SUS com a gente” afirmou.

Sobre a cooperação da Secretaria Municipal de Saúde para o enfrentamento da crise, Ricardo Borges disse que caso o atendimento fosse interrompido quem seria o responsável por conseguir vagas seria o município. Na visão dele, o município, enquanto gestor pleno, poderia ter realocado recursos para uma melhor superação da crise.

QUAL SUA OPINIÃO? COMENTE!

guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
A responsabilidade pelo comentário é totalmente do respectivo autor. Comentários com 15 votos negativos a mais que positivos serão removidos automaticamente. Achou um comentário ofensivo? Clique em "denunciar".

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NEWSLETTER

REPORTAR ERRO

Sua privacidade é muito importante pra nós! Usamos cookies, rastreadores, para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências. Os cookies não permitem acesso a informações particulares, como nome, endereço, etc. Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.