Com escalada da COVID-19 em Patos de Minas, lotéricas continuam lotadas

Distanciamento social não era respeitado pela maioria das pessoas.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Lotéricas Patos de Minas aglomeração
Foto: Reprodução (Redes Sociais)

Patos de Minas registrou no último mês, junho, um aumento de mais 500% no número de infectados pela COVID-19. Segundo o último boletim epidemiológico, de sexta-feira (03), eram 541 casos confirmados, 20 pacientes em estado grave, e seis mortes confirmadas. Mesmo assim, aglomerações persistem no município. No final de semana, fiscais da prefeitura, com apoio da Polícia Militar, intervieram e encerraram festas.

Na madrugada de sábado, em Lagoa Formosa, a Polícia Militar surpreendeu um grupo, de pelo menos 100 pessoas, que faziam um Luau em uma estrada. Foram apreendidos veículos e porções de drogas. Ninguém foi preso.

- Continua depois da publicidade -
Lotéricas Patos de Minas aglomeração
Foto: Reprodução (Redes Sociais)

Já nesta segunda-feira (06/07), as aglomerações voltaram a chamar atenção, mas desta vez, elas se deram durante o dia. Internautas postaram fotos das lotéricas lotadas. Grandes filas se formaram dentro e fora dos estabelecimentos e o distanciamento social, mínimo de dois metros, não era respeitado pela maioria das pessoas.

Conforme apurou o Triângulo Notícias, a maioria dos frequentadores das lotéricas vão até o local para pagar boletos. Recomenda-se, neste período de pandemia, optar pelo pagamento online, via internet banking, ou nos caixas eletrônicos. O débito automático também é uma alternativa.

O uso de máscaras é obrigatório em Patos de Minas, mas mesmo usando o dispositivo de proteção, ainda há risco de contágio, apesar de baixo. Salienta-se que a máscara deve cobrir a boca e o nariz completamente, caso o contrário a proteção é nula.

- Continua depois da publicidade -

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- Continua depois da publicidade -