Com conteúdo gratuito e de fácil absorção, Escola de E-commerce visa estimular o profissionalismo do varejo virtual no Brasil

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Iniciativa busca qualificar empreendedores que desejam ingressar em um dos principais mercados, com crescimento de 7,4% em 2016

Resultado de imagem para e-commerce
Foto: Divulgação

Segundo um levantamento realizado pela E-bit, empresa que avalia a quantidade e qualidade de lojas virtuais, o crescimento do e-commerce representou o total de 44,4 bilhões de reais, indicando aumento de 7,4%, em 2016 se comparado ao ano anterior. De acordo com a pesquisa, o número de novos consumidores foi ainda mais significativo, apresentando expansão de 22% em relação ao mesmo período de comparação.
Além disso, aumentou o número de empresários investindo no comércio virtual, mas que sofrem com a alta taxa de mortalidade do setor – 70% das novas lojas online encerram suas operações em até um ano de atividade. Para auxiliar os empreendedores que buscam sucesso nesse modelo de negócio, a Escola de E-commerce busca transmitir o conhecimento de forma prática, estimulando além do crescimento do mercado de lojas online, maior profissionalização e planejamento.
Os cursos são gratuitos e o portal já possui mais de 250 conteúdos exclusivos, que variam entre vídeos, e-books e artigos, com a finalidade de transmitir o conhecimento de forma simples e de fácil absorção. A escola foge do modelo padrão, que mede tempo de aula e desempenho em provas, e mantém o foco na qualidade do conteúdo, acreditando que a maior avaliação é o dia a dia da empresa. 
“Buscamos fugir do conceito de caminho ideal. Cada empreendedor está em uma situação diferente e a ideia é que ele encontre a prática e o conhecimento necessários na escola de e-commerce, para realizar suas estratégias e atividades com mais eficiência.”, explica Willians Marques, diretor geral da Tray, responsável pela iniciativa.
A Escola de E-commerce visa compartilhar a informação e estimular novos empreendedores, além de diminuir a mortalidade da área. “Percebemos uma grande fragilidade em relação ao conhecimento técnico e operacional de um comércio virtual. Por isso, reunimos nosso know how sobre e-commerce em um único portal”, completa Marques.
As inscrições podem ser feitas em: https://escoladeecommerce.tray.com.br/

Déborah Santos
Triângulo Notícias
14/05/2017

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS