Com 11 casos, autoridades temem surto de tuberculose no Presídio Sebastião Satiro

Com capacidade para 167 detentos, o Sebastião Satiro sofre com problema de superlotação. Atualmente são cerca de 300 pessoas presas no local.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

A informação foi confirmada pela Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública – Sejusp por meio do Departamento Penitenciário de Minas Gerais (Depen-MG) nesta sexta-feira (22) em nota a imprensa, de que 11 detentos do Presídio Sebastião Satiro em Patos de Minas tiveram diagnóstico positivo de tuberculose. Eles estão sendo acompanhados por equipes de saúde dentro da unidade prisional. O órgão também informou que ações vêm sendo tomadas para evitar a contaminação dos demais detentos. Com capacidade para 167 detentos, o Sebastião Satiro sofre com problema de superlotação. Atualmente são cerca de 300 pessoas presas no local e o temor de um surto da doença é grande.

De acordo com órgãos de saúde, a tuberculose é contagiosa e a transmissão é direta, ou seja, de pessoa para pessoa. É uma doença infecto-contagiosa que progride silenciosamente e pode ser fatal. A bactéria causadora da doença pode passar por meio do falar, espirrar ou tossir, em pequenas gotas de saliva. Pessoas com desnutrição, diabetes, tabagismo, uso de drogas e com baixa imunidade estão mais suscetíveis ao contágio. Dessa forma, a microbactéria se multiplica e desenvolve infecções mais rápido. Proximidade com pessoas infectadas, assim como os ambientes fechados e pouco ventilados favorecem o contágio.

Entre os principais sintomas da tuberculose estão;

  • Tosse por mais de duas semanas com ou sem secreção, que pode ser espessa ou até sanguinolenta;
  • Cansaço excessivo;
  • Falta de ar;
  • Febre baixa, mais comum à tarde;
  • Sudorese noturna;
  • Falta de apetite;
  • Perda de peso;
  • Rouquidão;
  • Fraqueza.

É importante dizer que a tuberculose tem tratamento e é fundamental que o paciente siga rigorosamente as indicações médicas, para que o tratamento surta um efeito positivo. O tratamento é feito com uso de antibióticos e dura, no mínimo, seis meses. Os comprimidos devem ser tomados diariamente. Não pode haver abandono nem desistência do tratamento antes do término, pelo risco de resistência bacteriana.

QUAL SUA OPINIÃO? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. A responsabilidade dos comentários é integralmente de seus autores. Comentários que são considerados como spam ou ofensivos devem ser denunciados diretamente ao Facebook. O Patos Notícias se reserva ao direito de remover postagens que violem seus termos de uso ou as leis vigentes sem prévia notificação. 

NOTÍCIAS RELACIONADAS

REPORTAR ERRO

Sua privacidade é muito importante pra nós! Usamos cookies, rastreadores, para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências. Os cookies não permitem acesso a informações particulares, como nome, endereço, etc. Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.