Clínica do Rim questiona negativa de credenciamento pela UNIMED

Segundo o Diretor da Clínica, o plano de saúde não apresentou uma justificativa para a decisão. Já a UNIMED, através de nota, informou que segue critérios rigorosos.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Foto: Divulgação

Pacientes renais, associados à Unimed Patos de Minas, estão aguardando o credenciamento para fazerem hemodiálise na Clínica do Rim do Alto Paranaíba. Na cidade existem apenas dois locais onde o procedimento é feito, um hospital conveniado ao SUS e a clínica recém-inaugurada.

Segundo diretor da Clínica do Rim, Dr. Ricardo Borges, a documentação foi entregue em julho e a vistoria feita pela UNIMED em 1º de setembro. Já no dia 8, em reunião, foi informado que o convênio havia sido negado. Ainda segundo Ricardo, não foi apresentada uma justificativa para a decisão.

- Continua depois da publicidade -

Ricardo Borges ainda informou que a Clínica do Rim é a única da região que possui alvará sanitário para funcionamento. “O credenciamento junto ao SUS [Sistema Único de Saúde] já está em fase avançada. Além disso, fechamos parceria com cerca de cinco planos de saúde”

A reportagem do Patos Notícias entrou em contato com a UNIMED que se posicionou através de nota. Segundo ela, os critérios de seleção são rigorosos.

A Unimed tem a maior rede prestadora do país e segue critérios rigorosos na seleção de seus parceiros, de forma que todos os beneficiários serão atendidos em qualquer especialidade necessária, a qualquer momento.

Paciente consegue na justiça direito de se tratar na clínica

Um paciente de 46 anos, residente em Carmo do Paranaíba, conseguiu na justiça o direito de fazer hemodiálise na Clínica do Rim. Eder Soares Vargas é associado a Unimed de Belo Horizonte e antes da inauguração da clínica em Patos de Minas, fazia tratamento em Araxá, a cerca de 135 km.

Em entrevista ao Patos Notícias ele ressaltou a importância de um atendimento de qualidade:

Uma vez que todo renal crônico em tratamento de hemodiálise necessita de atendimento no mínimo três vezes na semana e nossa região não tem tratamento digno oferecido pelo SUS não tem outra alternativa a não ser pagar um convênio para sermos atendidos. Seria se suma importância que a Unimed Patos de Minas oferecesse esse tratamento aos seus clientes na Clínica do Rim. Sabemos que a hemodiálise é essencial e que nossa vida depende deste tratamento.

- Continua depois da publicidade -

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- Continua depois da publicidade -