Ciro Gomes não toma lado na disputa presidencial

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Ciro não toma posição e fala em preservar “caminho” de referência para enfrentar “dias terríveis”.

O candidato do PDT derrotado no primeiro turno da eleição presidencial deste ano, Ciro Gomes, anunciou em vídeo divulgado nas redes sociais neste sábado (27) que não terá posição pública no segundo turno da eleição que acontece amanhã (28).

Ciro afirmou que sua consciência lhe impõe a preservação de um “caminho” para servir de referência aos brasileiros no enfrentamento do que chamou de “dias terríveis” que virão pela frente.

- Continua depois da publicidade -

O ex-governador do Ceará, que viajou para a França logo após o primeiro turno da eleição e retornou ao Brasil na sexta-feira (26), disse estar com “muito grave preocupação com o nosso país, com o nosso futuro”, mas não manifestou apoio ao petista Fernando Haddad contra Jair Bolsonaro, do PSL, que lidera as pesquisas de intenção de voto.

Haddad esperava um apoio explícito de Ciro e chegou a estimar que isso lhe daria de 3 a 4 pontos percentuais na eleição.

“Claro que todo mundo preferia que eu, ao meu estilo, tomasse um lado e participasse da campanha. Mas eu não quero fazer isso por uma razão muito prática que eu não quero dizer agora, porque se eu não posso ajudar, atrapalhar é que eu não quero”, disse Ciro no vídeo.

Adaptado da fonte Reuters Brasil

Let’s block ads! (Why?)

Fonte: Renova Mídia
Texto: Tarciso Morais

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- Continua depois da publicidade -