Ciro Gomes afirma que não vai tratar de aborto em sua campanha

O pedetista alegou que não se posicionará sobre a questão, pois o assunto não é de responsabilidade do presidente da República.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Sem querer se envolver em questões polêmicas, o presidenciável Ciro Gomes, do PDT, disse que não vai se posicionar sobre o aborto por não ser tema de responsabilidade do presidente da República.

Durante agenda em Osasco, região da Grande São Paulo, Ciro questionou “para que cobrar do presidente uma tarefa que não é dele?” Diferente da vice do pedetista, Kátia Abreu, que já se posicionou contra a legalização do aborto, ele alegou, também, que não é “guru de costumes” para tomar tal decisão.

Para completar o discurso, o candidato ao Planalto destacou ainda que “não vou confrontar a população cristã, católica do Brasil, introduzindo uma tarefa que não é do presidente da República, é do Congresso”.

Reportagem, Clara Sasse

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS