Cerimônia em Patos de Minas comemora os 110 anos do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais

O Corpo de Bombeiros surgiu em 1911 na capital, Belo Horizonte. Já em Patos de Minas, ele foi implementado em 1977.

Compartilhe

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS!
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

O 12º Batalhão do Corpo de Bombeiros de Patos de Minas promoveu na manhã desta segunda-feira (30/8) uma solenidade em comemoração aos 110 anos de fundação da corporação em Minas Gerais, comemorado em 31 de agosto. O evento aconteceu no Centro de Convenções e Eventos do UNIPA e contou com a presença de autoridades civis e militares.

Na entrada do Centro de Convenções foram expostas as viaturas que compõem o 12º Batalhão. São caminhões de combate a incêndio, unidades de resgate, caminhonetes e carros de apoio.

110 anos do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais - Patos de Minas
Foto: Igor Nunes (Patos Notícias)

Durante a cerimônia foram homenageados militares e civis que contribuíram para o desenvolvimento do Corpo de Bombeiros em Patos de Minas e região.

O Corpo de Bombeiros está presente há 44 anos em Patos de Minas. Em 24 de Maio de 1977, a subseção de incêndio foi inaugurada, com um efetivo de 12 homens e duas viaturas, sendo um caminhão de combate a incêndio e uma caminhonete para salvamento. Mais tarde foi elevado a 4ª Companhia Independente de Bombeiros Militar, sendo responsável por 42 municípios. No final de 2018, a companhia surgiu o 12º Batalhão.

História do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais

Em 31 de agosto de 1911, foi assinada a Lei 557 pelo então Presidente do Estado de Minas Gerais, Júlio Bueno Brandão, autorizando ao Poder Executivo dispensar a quantia de vinte contos de réis para organizar a Seção de Bombeiros Profissionais, aproveitando o pessoal da Guarda-Civil.

Nesse mesmo ano, 1911, passou a ser denominada de Força Pública, da qual era integrante o CBMMG, originado na Seção de Bombeiros Profissionais, pelo Governador do Estado de Minas Gerais, Júlio Bueno Brandão, naquele mesmo ano figurando como o décimo mais antigo do País.

Em 30 de agosto de 1912, por meio do Decreto n° 584, a Seção de Bombeiros foi elevada a uma Companhia de Bombeiros e incorporada a Força Pública com o seguinte efetivo: um Capitão; um Tenente; dois Alferes; um 1º Sargento; dois 2º Sargentos; um Furriel; seis Cabos de esquadras; um Cabo-clarim; seis Aspensados; quatro Clarins e 27 Soldados, totalizando 52 homens.

Até 1920, a organização de Bombeiros teve sua sede anexa às dependências do Quartel do 1º Batalhão. Naquele ano, a maior parte da administração foi remanejada para a esquina das ruas Aimorés com Rio Grande do Norte, permanecendo a garagem da prontidão no Quartel do 1º Batalhão.

Dentre as necessidades trazidas no contexto da década de 1930, uma delas foi logo minimizada com o aumento do efetivo e a criação do Primeiro Batalhão de Bombeiros. Ainda no começo da década, pelo Decreto nº 9867, de 28 de fevereiro de 1931, foi criada a Unidade que contaria com 237 homens.

Em 28 de fevereiro é comemorado o aniversário do Primeiro Batalhão de Bombeiros Militar de Minas Gerais.

 

QUAL SUA OPINIÃO? COMENTE!

guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
A responsabilidade pelo comentário é totalmente do respectivo autor. Comentários com 15 votos negativos a mais que positivos serão removidos automaticamente. Achou um comentário ofensivo? Clique em "denunciar".

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NEWSLETTER

REPORTAR ERRO

Sua privacidade é muito importante pra nós! Usamos cookies, rastreadores, para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências. Os cookies não permitem acesso a informações particulares, como nome, endereço, etc. Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.