Patos de Minas 

Carnaval: moradores e pacientes reclamam do barulho; organização nega

Houve queixas de perturbação de sossego em vários bairros e pacientes da Santa Casa reclamaram do barulho. Também há temor pela COVID-19. Organizadores alegam que cumprem protocolos e a legislação ambiental.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Carnaval Patos de Minas
O público do evento, em sua maioria, é composto por jovens de várias cidades da região.
Foto: Reprodução

Patos de Minas, que nos últimos anos não teve carnaval, passou a sediar um dos maiores eventos da região. A prefeitura municipal não promoveu nenhum, mas concedeu alvará para festa privada, já que não há nenhuma restrição a aglomerações em vigor. Houve reclamações de perturbação de sossego, organizadores alegam que seguiram a legislação vigente.

O Bloco Macaúba acontecia em Rio Paranaíba, mas foi transferido para Patos de Minas. A justificativa da organização é que a festa cresceu e a cidade, com cerca de 12 mil habitantes, não comportava.

Conforme apurado pelo Patos Notícias, os organizadores projetam um público de cerca de 4 mil pessoas. Os governos municipal e estadual não impõem  medidas de restrição de público, o que permite lotação de até 100%, contudo o Bloco Macaúba alega que manterá a ocupação em 70% da capacidade do parque. Também é exigido passaporte vacinal, com no mínimo duas doses, para participar.

A festa de carnaval acontece entre sábado (26/02) e terça-feira (01/03). No primeiro dia, várias reclamações de perturbação de sossego foram compartilhadas nas redes sociais. A Polícia Militar chegou a ser acionada. O Patos Notícias apurou que no bairro Jardim Califórnia, um dos moradores se queixou do som alto durante a madrugada. O endereço fica a cerca de 4 km do local do evento. A maioria das queixas se concentraram nos bairros mais próximos como Caiçaras, Rosário, Nossa Senhora das Graças e  Bela Vista.

Uma internauta procurou a reportagem e se disse preocupada com o risco de proliferação da Covid-19. Ela citou que viu fotos do evento, onde ninguém aparece de máscara. Em Patos de Minas, o uso de máscara é obrigatório em ambientes abertos e fechados, contudo não há nenhuma punição para quem descumprir. Quando a pessoa consome algum alimento ou ingere bebida, a máscara é dispensada, mas se recomenda que ela volte a ser colocada na sequência.

Outra preocupação é com a Santa Casa de Misericórdia. O hospital fica a cerca de 1 km do Parque de Exposições. Procurada pelo Patos Notícias, a assessoria da unidade confirmou que alguns pacientes reclamaram do barulho durante a noite e a madrugada.

A reportagem entrou em contato com a Equipe Edidany Barbosa, responsável pela promoção do evento, neste domingo (27). Eles se manifestaram por nota e alegaram que seguem os protocolos sanitários e a legislação ambiental.

O Bloco respeita todas as normas de segurança, seguindo o protocolo Sanitário de Eventos de Entretenimento e Lazer e ainda atende todas as exigências da Diretoria de Meio Ambiente da Prefeitura de Patos de Minas.

A equipe organizadora fiscalizou a entrada de todos os participantes com a comprovação de vacinação por meio do Certificado Nacional de Imunização.

Foram disponibilizados totens de álcool gel por toda a ambientação do Bloco, compreendendo a entrada e a Praça de Alimentação.

O uso de máscara foi exigido para os colaboradores e alertado ao público.

Conforme programado no Laudo de Caracterização de Eventos, foram realizadas medições de ruído na noite de sábado 26/02, em conformidade com os procedimentos de medição contidos na NBR 10.151 (2000), “Avaliação do ruído em áreas habitadas visando o conforto da comunidade”.

O monitoramento de Ruído no entorno do Parque de Exposições constou que o som foi operado abaixo do limite de decibéis estabelecidos, estando dentro do permitido.

Menores de 18 anos não participaram das festas.

O primeiro dia de carnaval aconteceu em paz, sem nenhuma ocorrência registrada, e o horário de inicio e término foi respeitado, realizado em conformidade com o alvará do evento.

Procurada a prefeitura de Patos de Minas, alegou que o alvará foi concedido, já que não há restrições no Programa Minas Consciente. Citou que os alvarás não trazem nenhuma orientação sanitária. Sobre a fiscalização sanitária, informaram que denúncias podem ser registradas no aplicativo “Conecta Patos“, sendo importante anexar fotos e vídeos.

QUAL SUA OPINIÃO? COMENTE!

5 Comentários
O mais novo
Mais antigo mais votado
Inline Feedbacks
View all comments
Pirilampo da Silva
28/02/2022 13:06

E a Fenamilho? Faz muito mais barulho, são dez dias de shows e ninguém reclama. Fala sério cidadãos da “caipirolândia”

Rinaldo silva
28/02/2022 08:30

Moro no bairro caiçaras fica bem ao lado do parque apenas 2 quarteirões e o som do parque aqui nem se houve Nem época de festa do milho não ouço o barulho Mais onde encomods um pouc é ali nos bairros bela vista nova floresta Limoeiro Lá na parte mais alta Pois o som joga lá pra cima aqui nas imediações não se houve …,,, Eu sou a favor do pessoal se divertir pois a final são 2 anos sem diversões desse nível é isso faz falta praz nos apesar de eu não gostar de balada mas não sou contra… Ler mais...

Ferreira
27/02/2022 21:41

Falta de responsabilidade com esse covid ainda matando uma festa dessa a onde vamos parar

RICASOU SOUZA
27/02/2022 15:41

Deixe o pessoal curtir. O parque de exposições foi instalado bem antes da santa casa. Venham festejar vocês também.

Enganando a quem?
27/02/2022 12:58

Se nos aqui do Alto Limoiro, Jardim California e outros bairros ouvimos o barulho do parque imagina no hospital que fica do lado do parque, sempre teve reclamações de barulho (fenamilhos). Nunca ninguem resolveu sempre tem a desculpa que os decibeis estao de acordo com a norma (kkkk dim dim tambem) menor de idade desde sempre entraram em festas desde que mundo é mundo kkkk. Nao é nesta que eles iriam faltar né!! Semana que vem todos estaram lotando o centro de covid e reclamando que tem filas gigantescas. Palhaçada esse povo que não pode ficar sem uma festa pra… Ler mais...

A responsabilidade pelos comentários é dos respectivos autores. Eles não representam a opinião do Patos Notícias. Comentários com 15 votos negativos a mais que positivos são removidos.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NEWSLETTER

REPORTAR ERRO

Usamos cookies para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências.  Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.