Candidato é proibido de usar trenzinho da alegria em campanha em Patos de Minas

Arnaldo Queiroz estava usando o veículo para fazer campanha, segundo denúncia apresentada ao Tribunal Eleitoral. Decisão cabe recurso.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Foto: Reprodução

O candidato a prefeito pelo Partido Social Democrático (PSD), Arnaldo Queiroz, foi proibido pela Justiça Eleitoral de utilizar trio elétrico (trenzinho da alegria) para fazer campanha.

Conforme a denúncia oferecida pela coligação “Com a Força do Povo”, formada pelo Partido Progressistas, Cidadania e Democratas, Arnaldo estaria “utilizando trio elétrico para angariar votos de forma ilícita, haja vista que estão disponibilizando na cidade “trenzinho da alegria” com a disponibilização de adesivos para moradores da cidade a título gratuito, contrariando o artigo 39, § 6º e § 10º da Lei n. 9.504/97 e o art. 18 da Resolução 23.610 de 2019”.

Imagens compartilhadas nas redes sociais mostra “trenzinho da alegria” com adesivos de Arnaldo Queiroz. Várias pessoas, incluindo crianças, se aglomeravam, sem máscaras, descumprindo as medidas sanitárias da COVID-19
Foto: Reprodução

O juiz eleitoral, Tenório Silva Santos, julgou procedente o pedido de liminar e proibiu a utilização do trenzinho da alegria. “Diante do exposto, defiro a medida liminar para determinar a imediata suspensão de utilização,  pelo representado Arnaldo Queiroz de Melo Junior, do denominado ¨Trenzinho da Alegria, na campanha eleitoral”.

A coligação de Arnaldo Queiroz,  ainda poderá recorrer da decisão, publicada em 14 de outubro de 2020. Eles terão até 48 horas para apresentar a defesa, após isso a denúncia será levada ao conhecimento do Ministério Público. A íntegra está disponível neste link.

O Patos Notícias procurou a assessoria de Arnaldo Queiroz na terça e na quarta-feira (14), contudo nossos contatos não foram atendidos. Caso haja manifestação do candidato, iremos atualizar essa reportagem.

QUAL SUA OPINIÃO? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. A responsabilidade dos comentários é integralmente de seus autores. Comentários que são considerados como spam ou ofensivos devem ser denunciados diretamente ao Facebook. O Patos Notícias se reserva ao direito de remover postagens que violem seus termos de uso ou as leis vigentes sem prévia notificação. 

NOTÍCIAS RELACIONADAS

REPORTAR ERRO

Sua privacidade é muito importante pra nós! Usamos cookies, rastreadores, para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências. Os cookies não permitem acesso a informações particulares, como nome, endereço, etc. Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.