Brasil teve 19 chances de gol na fase de grupos da Copa, mas marcou 5

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Levantamento divulgado hoje (29) pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) mostra que, na fase de grupos da Copa do Mundo, na Rússia, a Seleção Brasileira finalizou 56 vezes ao gol e teve em média 58,6% de posse de bola nas três primeiras partidas da competição. A equipe marcou cinco gols em 19 oportunidades reais e passou às oitavas com sete pontos, em primeiro lugar do grupo E.

A avaliação dos jogadores e da comissão técnica é que o time evoluiu no decorrer da etapa inicial do Mundial. “É importante a gente ter solidez. A gente sabe da nossa qualidade na frente e de toda a equipe. A gente fica concentrado para não tomar gols, porque lá na frente, a gente sabe que vai resolver. Saber sofrer fortalece a equipe. A gente não vai ter 100% de domínio no jogo”, disse o goleiro Alisson, após a vitória brasileira (2 x 0) contra a Sérvia.

- Continua depois da publicidade -

Brasil, Copa 2018, Thiago Silva

Thiago Silva foi um dos melhores jogadores do Brasil na fase inicial da Copa do Mundo e marcou um gol na vitória diante da Sérvia   (Lucas Figueiredo/CBF)

Segundo as estatísticas da Fifa (Federação Internacional de Futebol), no empate com a Suíca, o Brasil finalizou 20 vezes, sendo quatro na direção da meta adversária, com um gol marcado por Philippe Coutinho.

Domínio

Na vitória contra a Costa Rica, a equipe brasileira dominou a partida: teve 66% de posse de bola, sendo 28% no ataque. O time finalizou 23 vezes, sendo nove no gol e duas foram bolas na rede – gols de Philippe Coutinho e Neymar.

Mesmo sem marcar, o camisa 10, Neymar, foi um dos principais jogadores diante da Sérvia. O atacante deu uma assistência, finalizou sete vezes e acertou 85% dos passes.

Neymar teve êxito em 15 dos 19 dribles executados. Na última partida da fase de grupos, a equipe teve menos posse de bola do que a Sérvia, mas finalizou 13 vezes, seis na meta adversária e marcou dois gols (Paulinho e Thiago Silva).

Na partida, o Brasil teve êxito nas bolas áreas, ponto forte da Sérvia. Foram nove escanteios para o Brasil, contra cinco dos sérvios. O gol de Thiago Silva saiu exatamente da cobrança de escanteio por Neymar. A Sérvia finalizou uma vez ao gol de Alisson.

*Com informações da CBF

 

FONTE: Agência Brasil

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- Continua depois da publicidade -