Brasil se solidariza com Guatemala após tragédia de vulcão

Compartilhe

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS!
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

O governo do Brasil prestou hoje (4) solidariedade às famílias e autoridades da Guatemala, vítimas da erupção do Vulcão de Fogo, que deixou pelo menos 62 mortos. Em nota, o Ministério das Relações Exteriores, Itamaraty, lamentou a devastação provocada pela segunda erupção ocorrida ontem (3).

Trabalhador ajuda no resgate de moradores atingidos pela erupção do Vulcão Fogo

Erupção do Vulcão Fogo fez 62 mortos e deixou cerca de 3,2 mil desabrigados (Noe Pérez/EFE/direitos reservados)

“O governo brasileiro recebe com consternação a notícia da erupção do ‘Vulcão de Fogo’ na Guatemala, que resultou na devastação da vila de San Miguel Los Lotes e na perda de dezenas de vidas humanas, além de elevado número de feridos e desabrigados”, diz o comunicado.

Em seguida, o texto acrescenta: “O Governo brasileiro se solidariza com as famílias afetadas e transmite ao povo e ao governo da Guatemala suas sinceras condolências”.

Pelo menos 1.702.130 de pessoas foram atingidas, principalmente no departamento de Escuintla, uma das áreas mais afetadas pelas lavas e cinzas. Ainda há desaparecidos e os bombeiros trabalham nos resgastes.

A erupção chegou a 10 mil metros de altura sobre o nível do mar a 700 graus centígrados. Pelo menos 3,2 mil pessoas foram obrigadas a deixar suas casas.

A Organização dos Estados Americanos (OEA) aprovou hoje moção de apoio à Guatemala.

FONTE: Agência Brasil

🔔 ATIVAR NOTIFICAÇÕES

QUAL SUA OPINIÃO? COMENTE!

Os comentários não representam a opinião do Patos Notícias. A responsabilidade pelos comentários é dos respectivos autores.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NEWSLETTER

REPORTAR ERRO

Sua privacidade é muito importante pra nós! Usamos cookies, rastreadores, para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências. Os cookies não permitem acesso a informações particulares, como nome, endereço, etc. Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.