Brasil assina acordo para acabar com o roaming internacional até 2020

Compartilhe

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS!
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

O Brazil assinou um termo que firma compromisso para o fim do roaming internacional entre países americanos até 2020. Chamado de Carta de Buenos Aires, também aceitaram os termos do documento Estados Unidos, Canadá, Argentina, México, Chile e Uruguai.

A ideia é “encorajar medidas para promover [..] eliminação dos custos para o usuário final de serviços de roaming, com foco especialmente nas realidades e necessidades das áreas de fronteira”. O termo também reforça acordo em encorajar medidas para promover transparência e acessibilidade de informação entre os países.

Após a assinatura da Carta, agora representantes da Anatel vão participar de encontros com operadoras para definir ações efetivas. Importante entender que, embora o documento diga explicitamente sobre eliminação de custos, é possível que as empresas não cheguem a um consenso sobre o fim da tarifa, mas apenas a uma diminuição. Outro ponto é que o plano estratégico assinado não consta a questão de roaming como prioridade.

A Carta de Buenos Aires tem como objetivo principal a redução de desigualdade no continente americano, com regulamentação e políticas públicas, incentivo ao acesso à internet e serviços de telecomunicação, além de equilíbrio de uso do espectro eletromagnético.


Clique aqui para ler essa matéria em sua fonte original.


FONTE: Canal Tech

🔔 ATIVAR NOTIFICAÇÕES

QUAL SUA OPINIÃO? COMENTE!

Os comentários não representam a opinião do Patos Notícias. A responsabilidade pelos comentários é dos respectivos autores.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NEWSLETTER

REPORTAR ERRO

Sua privacidade é muito importante pra nós! Usamos cookies, rastreadores, para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências. Os cookies não permitem acesso a informações particulares, como nome, endereço, etc. Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.