Bombeiros alertam sobre os cuidados durante as chuvas

Atenção no trânsito deve ser redobrada.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Em Patos de Minas, um dos pontos de perigo é a Avenida Fátima Porto. Com a chuva forte, a via fica alagada e o Córrego do Monjolo transborda
Foto: Reprodução (Redes Sociais/WhatsApp)

Chuva e estradas representam uma combinação arriscada, ainda mais se o condutor ignorar as normas de trânsito. Assim como nas últimas semanas, a previsão de grandes volumes de água para os próximos dias tornam as estradas ainda mais perigosas.

Pouca visibilidade, óleo na pista, pouca aderência nos pneus, cansaço, sono, falta de atenção, descumprimento das regras de trânsito e pressa, entre outros pontos, podem colocar a vida de motoristas e passageiros em risco.

Pontos de atenção

Se for inevitável dirigir sob chuva, algumas dicas devem ser seguidas: em situação de chuva forte, é imprescindível adotar medidas de segurança, como reduzir a marcha, acender as luzes baixas, adotar uma distância ainda maior do veículo da frente. Se o tempo estiver muito ruim, o aconselhável é parar em um lugar seguro e esperar que as condições melhorem.

Outra situação complicada é se o condutor está no carro e a água começa a subir rapidamente. O ideal é procurar um local mais alto e esperar o nível da água baixar. É necessário tomar muito cuidado com as poças de água, pois elas podem ocultar crateras.

A manutenção periódica do veículo também é fundamental para garantir mais segurança na direção em meio a tempestades. Cuidados simples, como conferir os pneus, freio, luz de freio e faróis, calibragem, fazem toda a diferença em pistas molhadas ou em dias chuvosos.

Na cidade, redobre o cuidado com os alagamentos, enchentes e quedas de árvores. Já nas estradas, o risco de deslizamento de encostas, crateras e veículos de grande porte também são potencialmente perigosos.

Imprudência

Em condições climáticas adversas, os acidentes acontecem, na maioria das vezes, pela imprudência de alguns motoristas que aplicam velocidade incompatível com a via e com a pista molhada, além da falta de manutenção adequada no veículo. A imprudência está presente nas estatísticas de acidentes de trânsito e, em dias de chuva, a frequência aumenta em até 20%.

No ano passado, o Corpo de Bombeiros atendeu 26.351 ocorrências relacionadas a acidentes de trânsito em Minas Gerais. Neste ano, até o mês de setembro, o CBMMG já atendeu 18.060 ocorrências relacionadas a acidentes de trânsito, por isso fique alerta e não se arrisque.

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS