Bioestimulante: A melhor alternativa para agricultura saudável

O produto consegue manter as plantas livres de pragas, mesmo sem agrotóxicos.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Foto: Divulgação

O bioestimulante é um produto classificado como regulador de crescimento, sua composição é feita com hormônios vegetais ou sintéticos que atuam diretamente no desenvolvimento da planta, sendo um dos promotores de crescimento.

Além desses hormônios os bioestimulantes também possuem em sua composição aminoácidos, nitrogênio, fósforo, potássio, vitaminas, algumas algas marinhas e também ácido ascórbico.

Muito utilizado na pulverização agrícola, o bioestimulante possibilita que a planta extraia mais nutrientes e água do solo, aumentando o seu desenvolvimento e qualidade. Com o bioestimulante, o solo é novamente nutrido, eliminando os danos sofridos com o cultivo em grande escala.

Benefícios do bioestimulante

Por ser livre de defensivos agrícola, o bioestimulante permite um rápido crescimento das plantas. Isso porque o produto atua em toda a estrutura da planta, estimulando seu desenvolvimento e permitindo que ela cresça rapidamente e com vigor. O bioestimulante também proporciona um melhor enraizamento e ganho de massa verde quando aplicado na cana-de açúcar, resultando em uma produtividade ainda melhor.

Um dos pontos principais para optar pelo bioestimulante é a segurança para a cultura. O produto consegue manter as plantas livres de pragas, mesmo sem agrotóxicos. Com substâncias naturais, o bioestimulante permite proteger a colheita, sem expor a planta a produtos nocivos ao seu desenvolvimento.

Com isso, o bioestimulante garante uma grande diminuição de mortes, permitindo uma colheita linear e, por consequência, uma maior produtividade, diminuindo eventuais falhas. O canavial fica mais bonito e com plantas mais saudáveis e prontas para serem colhidas.

Além de gerar um produto final com mais qualidade e saúde, o bioestimulante também atua como um agente protetor. Com ele, a cultura fica menos vulnerável ao estresse hídrico, causado por pequenos períodos de seca.

Mas não é só com a cana de açúcar que o bioestimulante pode ser utilizado. Dentre outras colheitas que usam o produto como aliado na produção estão a plantação de milho, de arroz e de trigo. As pastagens também se beneficiam de todas as vantagens do bioestimulante.

Cada um deles possui uma época de aplicação específica, para que o produto seja absorvido e atue de forma correta. Esse crescimento de qualidade ocorre devido ao bioestimulante ser um produto estimulante, e não nutricional.

Na armazenagem, o bioestimulante também não apresenta complicações: o material não é inflamável e pertence à categoria de não perigoso – facilitando o transporte e armazenamento em sua plantação.

VIA: Maxpress NET

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS