Béia Savassi diz que não participou das negociações com a COPASA em 2008

Maria Beatriz Savassi foi vice de Antônio do Valle, de 2005 a 2008. Em 2009 assumiu a prefeitura, permanecendo até 31 de dezembro de 2012.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Maria Beatriz Savassi, filiada ao Democratas (DEM), prestou depoimento na tarde desta terça-feira (13/07) na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que apura supostas irregularidades nos serviços prestados pela Companhia de Saneamento de Minas Gerais (COPASA) em Patos de Minas.

Béia Savassi foi vice de Antônio do Valle, de 2005 a 2008. Em 2009 assumiu a prefeitura, permanecendo até 31 de dezembro de 2012. No início do depoimento, ela declarou que soube do contrato pela imprensa e que não participou, enquanto vice-prefeita, da assinatura. Indicou ainda que as negociações entre Antônio do Valle e a companhia ocorreram à portas fechadas. Salientou que o ex-prefeito tinha o grande sonho de resolver o problema do esgoto em Patos de Minas.

Foto: Gustavo Galvão

O relator, o vereador José Eustáquio de Faria Junior (PODEMOS), questionou sobre o motivo do contrato ter sido assinado sem licitação. Béia disse que “acha” que foi pelo fato da COPASA já prestar, anteriormente, o serviço de tratamento de água. Em 2008 houve a unificação contratual do tratamento de água e de esgoto.

A ex-prefeita declarou que durante o mandato, 2009 a 2012, uma comissão foi designada para verificar o contrato e que algumas irregularidades foram identificadas. Uma reunião foi realizada com os diligentes da COPASA, contudo a multa e a indenização (pelos investimentos já realizados) inviabilizaram o rompimento. Béia citou que a prefeitura não tinha condições de assumir a logística do tratamento de água, tampouco de esgoto. Declarou que acredita que o município, até atualmente, não tem condições de criar uma autarquia.

Béia Savassi destacou que a COPASA, de certa forma, prestou um bom serviço durante o mandato. Também citou que a companhia destinou alguns recursos para as obras do prolongamento da Avenida Fátima Porto, do Mocambo e da Lagoa Grande.

Assista a íntegra:

QUAL SUA OPINIÃO? COMENTE!

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NEWSLETTER

REPORTAR ERRO

Sua privacidade é muito importante pra nós! Usamos cookies, rastreadores, para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências. Os cookies não permitem acesso a informações particulares, como nome, endereço, etc. Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.