Bandidos não perdoam e furtam objetos litúrgicos em Patos de Minas; uma pessoa foi presa por receptação

Os materiais foram subtraídos de um caminhão que fazia o transporte. Uma pessoa foi presa por receptação e o autor do crime segue foragido.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Foto: Divulgação (PMMG)

A audácia dos criminosos vem surpreendendo a sociedade e até mesmo a polícia. Na tarde da última terça-feira (03/10), um caminhão foi arrombado no cruzamento da Rua Espírito Santo com a Avenida Piauí no Bairro Cristo Redentor em Patos de Minas. O autor(es) subtraiu vários objetos sacros utilizados em igrejas.

Instantes mais tarde, a Polícia Militar abordou o condutor de uma Fiat/Strada e após buscas encontraram alguns artigos religiosos. Naquele momento, os PMs ainda não haviam tomado conhecimento do furto e acabaram liberando o indivíduo. Tempo depois, após tomarem conhecimento do crime um novo rastreamento se iniciou na tentativa de relocalizar o cidadão.

O suspeito foi encontrado na BR-354 e em diálogo com os militares informou a localização dos bens. O material furtado foi recuperados, eles estavam escondidos em dois imóveis abandonados na Rua Santa Bárbara e nas Chácaras Por do Sol.

O autor, Carlos Augusto Fonseca Vargas de 52 anos, foi preso em flagrante por recepção e conduzido para a delegacia. O autor do furto foi identificado, porém segue foragido.

 

QUAL SUA OPINIÃO? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. A responsabilidade dos comentários é integralmente de seus autores. Comentários que são considerados como spam ou ofensivos devem ser denunciados diretamente ao Facebook. O Patos Notícias se reserva ao direito de remover postagens que violem seus termos de uso ou as leis vigentes sem prévia notificação. 

NOTÍCIAS RELACIONADAS

REPORTAR ERRO

Sua privacidade é muito importante pra nós! Usamos cookies, rastreadores, para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências. Os cookies não permitem acesso a informações particulares, como nome, endereço, etc. Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.