Bandido troca tiros com a polícia durante perseguição na zona rural de Prata-MG; dois reféns foram resgatados pela PM

O autor dos disparos ficou ferido e foi socorrido ao Hospital das Clínicas da UFU.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Material apreendido pela Polícia Militar após a perseguição.
Foto: Divulgação

Na última quarta-feira (22/11), durante realização da Operação Campo Seguro, no município de Prata, por volta das 11h30min, as equipes policiais depararam com um veículo VW/Gol de cor vermelha, suspeito, seguido de uma caminhonete Toyota/Hilux, na estrada vicinal do km 85 da BR 153.

Os condutores dos referidos veículos ao visualizar a Patrulha Rural, empreenderam fuga pela citada estrada. O veículo Gol derrapou e o condutor saiu correndo em direção ao mato, tendo a Hilux continuado a fuga sendo perseguida pela Patrulha Rural.

- Continua depois da publicidade -

O condutor do Gol retornou para o veiculo e seguiu sentido contrário à rodovia, quando deparou, ainda na estrada vicinal, com a Tático Móvel, que vinha em apoio à Patrulha Rural. O condutor do Gol decidiu então abandonar o veículo, pelo que saiu do veículo efetuando disparos de arma de fogo contra os militares que revidaram a injusta agressão. O autor dos disparos, identificado como Macselei Emerson Dias de Melo, durante o embate com os policiais foi ferido na perna direita por um disparo proveniente dos policiais. O autor foi preso e encontra-se sob escolta policial na Hospital das Clínicas/UFU.

Os outros 2 autores que estavam evadindo da Patrulha Rural derraparam a hilux e a abandonaram-na, evadindo à pé para uma extensa e densa mata.

As duas vítimas, que estavam sob o domínio dos autores na Hilux, foram resgatadas ilesas pela equipe da Patrulha Rural.

As buscas continuam no intuito de prender os outros dois autores.

ASCOM da PMMG

- Continua depois da publicidade -

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- Continua depois da publicidade -