Balanço da 10ª RPM apresenta redução no número da criminalidade

Crimes violentos e de menor potencial ofensivo tiveram expressivas reduções.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

O Chefe do Comando Maior da 10ª Região da Polícia Militar (10ª RPM), tenente coronel Adhynan Roberto Alves dos Santos, realizou uma coletiva de imprensa na tarde desta quinta-feira (30/12) para fazer um balanço dos números de ocorrências registradas em 2021 em Patos de Minas e outras 22 cidades da região. Os crimes violentos e de menor potencial ofensivo sofreram redução expressiva.

Segundo o tenente coronel, houve uma redução da criminalidade, acompanhando o cenário do Estado de Minas Gerais, considerado no primeiro semestre o Estado mais seguro para viver no país. A região de Patos de Minas, composta por mais 22 municípios, está com menor índice de homicídio em toda Minas Gerais. A redução foi de 20,5% nos 23 municípios que compõe a 10ª Região da Polícia Militar nesta modalidade criminosa. O Estado fechou com redução de 09% neste tipo de crime.

Ainda de acordo com o R. Santos, houve uma queda de 6,5% no número de roubos e extorsões registradas na região. O crime de furto também sofreu uma redução de 1,2%. Ele explicou que a dinâmica do policiamento teve que ser adaptada para atender as demandas, ou soja, as formas de policiamento para atender a atualidade. “O crime é um fenômeno mutável, então a gente tem que estar sempre pensando em novas alternativas, novos meios de se fazer o policiamento ostensivo de modo a se fazer um resultado igual estamos tendo aqui agora”, ressaltou.

R. Santos disse ainda que o trabalho é integrado com as forças de seguranças estaduais e federais, além da parceria do Poder Judiciário e do Ministério Público de Minas Gerais.

O tenente coronel disse que houve um aumento no crime de estelionato nos 853 municípios do Estado. Ele alerta que a Polícia Militar tem divulgado várias ações publicitárias para evitar este tipo de crime e há orientações para evitar cair neste tipo de crime.

R. Santos disse ainda que há reduções desde antes da pandemia e, apesar de haver uma afrouxamento nas restrições em 2021, houve redução comparado ao 2020.

 

QUAL SUA OPINIÃO? COMENTE!

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
A responsabilidade é do respectivo autor. Eles não expressam a opinião do Patos Notícias. Comentários com 15 votos negativos a mais que positivos serão removidos.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NEWSLETTER

REPORTAR ERRO

Usamos cookies para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências.  Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.