Aumento previsto no prêmio de loterias pode ser revisto, diz Jungmann

Compartilhe

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS!
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

O ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, disse hoje (14) que o aumento previsto no prêmio das loterias federais pode ser revisto para compensar a redução de recursos do setor destinados às pastas da Cultura e do Esporte.

A destinação de dinheiro das loterias para a área de segurança pública, prevista em medida provisória (MP) assinada pelo presidente Michel Temer na segunda-feira (11), gerou queixas nos dois ministérios.

O ministro extraordinário da Segurança Pública, Raul Jungmann, durante entrevista coletiva no Palácio do Planalto.

O ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann (Wilson Dias/Arquivo/Agência Brasil)

Jungmann disse que esta é uma possibilidade para atenuar as perdas dos dois ministérios, mas que ainda não há decisão sobre a questão. Segundo o ministro, a MP traz a previsão de aumento no prêmio das loterias federais de cerca de 43% para 50% do valor arrecadado, e a ideia seria reduzir esse amento para 47% ou 48%.

“O que nós estamos trabalhando – isso não está concluído, isso não está fechado – é a possibilidade de reduzir um pouco o prêmio e fazer o redirecionamento para que essas áreas sejam atendidas. Em vez de levar aos 50%, você levaria 47% ou 48% e faria uma redistribuição. Estamos procurando, e é decisão do presidente da República que se encontre uma maneira de resolver isso sem criar maiores problemas fiscais”, disse o ministro.

Ontem (13), Jungmann havia dito que as críticas das pastas da Cultura e do Esporte, feitas por meio de notas, são “compreensíveis” e que a Presidência da República e a área econômica estavam em busca de alternativas para atenuar a transferência dos recursos.

FONTE: Agência Brasil

🔔 ATIVAR NOTIFICAÇÕES

QUAL SUA OPINIÃO? COMENTE!

Os comentários não representam a opinião do Patos Notícias. A responsabilidade pelos comentários é dos respectivos autores.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NEWSLETTER

REPORTAR ERRO

Sua privacidade é muito importante pra nós! Usamos cookies, rastreadores, para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências. Os cookies não permitem acesso a informações particulares, como nome, endereço, etc. Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.