Patos de Minas tem suspeitas de ômicron e aumento de infecções

Somente nesta semana foram 98 casos positivos da doença.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

A Secretária Municipal de Saúde, Ana Carolina Magalhães Caixeta, concedeu entrevista ao Patos Notícias nesta sexta-feira, 31 de dezembro. Ela informou que Patos de Minas vive uma alta no número de infecções por COVID-19.

Com o surto de gripe, centenas de pessoas procuraram a UPA e os postos de saúde. Todos aqueles que apresentam sintomas gripais são submetidos a testes de COVID-19. Entre segunda-feira (26) e sexta-feira (31) cerca de 98 casos positivos foram registrados. Na semana passada, de 20 a 24, foram 12 infectados.

A Secretária de Saúde citou que o aumento da circulação de pessoas, sobretudo de viajantes, explica a alta de casos. Praticamente todos os infectados estão se recuperando em casa, mas com potencial para transmitir o vírus. Não há internados em leitos clínicos e um patense está na UTI.

A Secretaria de Saúde pede que a população tome cuidado, principalmente com as festas de ano novo. O uso de máscara, a higienização e o distanciamento devem ser respeitados. Apesar do decreto, recomenda-se o uso de máscara também em ambientes abertos principalmente quando há contato entre pessoas.

Quem retornar de viagens ou participar de aglomerações deve redobrar os cuidados. O ideal é permanecer de máscara e com um maior distanciamento. Ao sentir algum sintoma, procurar imediatamente o serviço de saúde. As medidas visam evitar a transmissão do vírus.

Suspeita de ômicron em Patos de Minas

Recentemente surgiram casos suspeitos da variante ômicron. Ana Carolina explicou que cidadãos, que vieram do exterior, testaram positivos para COVID-19 e colheram amostras para o sequenciamento genético. O resultado do exame de detecção da cepa ainda não foi divulgado.

Sintomas da COVID-19

O vírus original apresenta os seguintes sintomas: dor de cabeça, garganta inflamada, olhos vermelhos ou irritados, diarreia e erupção na pele. Já os sintomas mais graves envolvem dificuldade de respirar ou falta de ar, perda de fala ou mobilidade, confusão mental e dor no peito.

Ainda não há consenso sobre os sintomas da ômicron, mas médicos relatam alguns: cansaço extremo, dores pelo corpo, dor de cabeça e garganta. Um dos diferenciais é que a pessoa não perde o olfato ou o paladar.

Ao sentir esses sintomas procure o posto de saúde do seu bairro ou a Unidade de Pronto Atendimento (UPA).

Fiscalização virtual

Ana lembrou que os eventos devem seguir os protocolos do Minas Consciente e que não haverá fiscalização presencial, mas os frequentadores podem enviar fotos e vídeos pelo aplicativo Patos Conectado ou para a Ouvidoria (34 3822-9601). A partir de segunda-feira (3), os fiscais verificarão as denuncias e se for caso autuarão os organizadores.

Secretaria já se prepara para janeiro

Ainda durante a entrevista, Ana Carolina informou que a Secretaria Municipal de Saúde já abriu chamamento para contratar novos profissionais de saúde. A prefeitura teme por um aumento no número de casos positivos em virtude das festas de natal, de réveillon e férias.

Segundo a secretária, a rede de saúde está sendo preparada para atender quem precisar de internações, contudo espera-se que a demanda seja baixa já que a vacina evita o desenvolvimento de casos graves.

Assista a entrevista completa:

QUAL SUA OPINIÃO? COMENTE!

2 Comentários
O mais novo
Mais antigo mais votado
Inline Feedbacks
View all comments
Gabriel Anunnaki
01/01/2022 01:10

Pois é! Se segunda feira foi confirmado todos esses casos de contágio, deveriam ter proibidos todos essas festas! Mas…

Pirilampo da Silva
31/12/2021 21:02

E como é que liberam eventos de aglomeração e o não uso de epi’s nas ruas e comércios? Que saúde pública que é essa? Fala sério… Melhor dizer “espalhem essa porcaria pra todos e feliz 2022”

A responsabilidade é do respectivo autor. Eles não expressam a opinião do Patos Notícias. Comentários com 15 votos negativos a mais que positivos serão removidos.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NEWSLETTER

REPORTAR ERRO

Usamos cookies para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências.  Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.