Aulão Solidário para o concurso da PRF acontece dia 24 em Patos de Minas

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

WhatsApp Image 2019-01-11 at 19.25.53 (1).jpeg
Foto: Divulgação

A divulgação do edital para o concurso da Polícia Rodoviária Federal pôs fim à espera de muitos concurseiros. O certame é um dos mais aguardados dos últimos anos e já está em andamento. A banca organizadora da seleção é o CESPE / CEBRASPE, e ao todo serão disponibilizadas 500 vagas em todo o Brasil.

As inscrições para o processo já se encerraram e a maioria dos candidatos se prepara para as provas objetiva e discursiva, que acontecerão no dia 3 de fevereiro. No exame constarão questões variadas sobre a história da PRF, língua portuguesa, raciocínio lógico matemático, informática, geopolítica brasileira, ética, direito e legislação de trânsito, tema que, segundo especialistas em concursos, deve ser priorizado na hora dos estudos.

Para auxiliar os candidatos, o chefe da polícia Rodoviária Federal de Patos de Minas, Alfredo Terceiro, está preparando um curso beneficente sobre o Código de Trânsito Brasileiro e as Resoluções do Contran, que estarão presentes em 40 questões do exame. Na aula, serão priorizados conteúdos sobre crimes e infrações, além de outros aspectos importantes da atividade policial.

A aula está marcada para o dia 24 de janeiro das 19h às 22h30 no campus da Faculdade Patos de Minas – FPM, na Avenida Juscelino Kubitschek de Oliveira, 1220, Cristo Redentor. Para participar, basta solicitar inscrição até 21 de janeiro pelo e-mail: prfpatos@gmail.com e doar 2kg de alimentos (de preferência macarrão, óleo, extrato de tomate ou achocolatado) no dia do aulão. Esses mantimentos serão repassados ao Amparo Maternal, uma entidade que cuida de crianças carentes em Patos de Minas. Dúvidas podem ser esclarecidas pelo mesmo e-mail.

Texto: ASCOM – PRF – Patos de Minas

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS