Ativista de topless tenta arrancar estátua de Jesus de berço no Vaticano

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Uma ativista do grupo feminista Femen, de topless (roupa que não cobre o corpo da cintura para cima), tentou arrancar a estátua do bebê Jesus do cenário de Natividade da Praça São Pedro, no Vaticano, hoje (25), mas foi impedida pela polícia enquanto agarrava a estátua. A mulher pulou sobre os trilhos de segurança e correu para o cenário de Natividade gritando “Deus é mulher”. Ela tinha o mesmo slogan pintado em suas costas.

De acordo com o Femen, o ato foi pelo direito das mulheres ao próprio corpo. Em particular, o protesto foi contra a política da Santa Sé associada à proibição do aborto e da contracepção.

- Continua depois da publicidade -

Para o Femen, a política do Vaticano é “um forte ataque medieval à liberdade das mulheres e a seus direitos naturais”, diz nota publicada na pagina do Femen, que acrescenta: “Uma criança não vem de um deus, mas de uma mulher”.

Um policial do Vaticano impediu a mulher de roubar a estátua, e a ativista foi detida. O incidente ocorreu duas horas antes de o papa Francisco fazer a tradicional mensagem de Natal para cerca de 50 mil pessoas na praça.

O site do grupo Femen identificou a mulher como Alisa Vinogradova e a chamou de “sextrista”. De acordo com o site, o objetivo do grupo, que foi fundado na Ucrânia, é “completar a vitória sobre o patriarcado”.

*Com informações da Agência Reuters

Edição: Nádia Franco

Fonte: Agência Brasil

- Continua depois da publicidade -

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- Continua depois da publicidade -