Atiradores abrem fogo contra carro e matam três pessoas na MGC-354

Segundo a PM, as vítimas se envolveram em uma confusão no Parque de Exposições de Presidente Olegário.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Atiradores abrem fogo contra carro e matam três pessoas
Foto: Reprodução (WhatsApp/Rede Social)

Três pessoas morreram e uma ficou gravemente ferida após o carro em que estavam ser atingido por vários disparos de arma de fogo. O crime aconteceu no início da noite de domingo (21), por volta das 18h, na MGC-354, município de Patos de Minas.

De acordo com informações da Polícia Militar, as vítimas retornavam de um evento de som automotivo que aconteceu no Parque de Exposições de Presidente Olegário.

- Continua depois da publicidade -

Durante o percurso, um segundo veículo emparelhou com Fiat/Ponto e os ocupantes abriram fogo em direção as vítimas. Os policiais encontraram o carro atravessado na via e cravejado por disparos na lataria e nos vidros.

Atiradores abrem fogo contra carro e matam três pessoas
Foto: Reprodução (WhatsApp/Rede Social)

Dois corpos foram encontrados dentro do automóvel, o do motorista de 25 anos e de uma jovem de 20 anos, que estava no banco traseiro. Uma terceira pessoa, jovem de 18 anos, foi encontrado morto nas margens da rodovia a cerca de 200 metros do carro.

Três pessoas sobreviveram ao ataque. Um adolescente de 16 anos foi socorrido em estado grave com quatro ferimentos a bala. Ele foi encaminhado em uma ambulância do Corpo de Bombeiros ao Hospital Regional Antônio Dias (HRAD). Ele permanece internado e seu quadro é estável.

Uma jovem de 23 anos, companheira do motorista, e sua filha de um ano conseguiram escapar ilesas. Em depoimento aos policiais, ela disse que um veículo SUV de cor branca emparelhou e os ocupantes efetuaram vários disparos. Após o Fiat/Ponto parar, ela conseguiu fugir e se proteger entre os outros carros que trafegavam pela via. Ela contou ainda que os atiradores desembarcaram e deram outros tiros nos ocupantes do carro e ainda perseguiram e executaram um jovem de 18 anos.

A mulher afirmou que conhece os atiradores, contudo não quis identificá-los à polícia. Contou ainda que as vítimas haviam se envolvido em uma confusão no Parque de Exposições que se estendeu para a parte externa. Segundo o boletim de ocorrência, ela disse que uma das vítimas, o motorista, estava armado  e que em determinado momento passou o revólver para o rapaz de 18 anos que chegou a efetuar disparos para o alto.

O menor de 16 anos também conversou com os policiais e disse que cerca de três pessoas armadas participaram da ação. Relatou que um deles pegou um objeto da vítima (motorista). Ele também confirmou que aconteceu uma confusão durante o evento.

A perícia técnica da Polícia Civil procedeu com os trabalhos de praxe e recolheu dentro do carro um revólver calibre .38, carregado com uma munição, e uma substância semelhante a cocaína.

Os corpos de Luiz Fernando de 25 anos (motorista); Maria Alice de 20 anos e Alisson Menezes de 18 anos (passageiros) foram levados para o IML (Instituto Médico Legal).

A Polícia Civil já investiga o caso. A motivação ainda é desconhecida, mas acredita-se que pode estar relacionada a um acerto de contas.

PM de Presidente Olegário prende suspeitos

Ainda durante a noite, a Polícia Militar prendeu dois homens, de 23 e 36 anos, em Presidente Olegário. Eles estavam portando um revólver calibre .32.

Ainda segundo a PM, os suspeitos estavam em um VW/Voyage e eram amigos das vítimas. Ambos foram conduzidos para a delegacia de plantão.

Mortes Violentas

Patos de Minas registrou mais de dez mortes violentas nestes quatro primeiros meses de 2019. Entre a última quarta-feira (17) e domingo (21) foram cinco assassinatos.

Confira o levantamento realizado pelo Triângulo Notícias

Nossa reportagem entrou em contato com a Polícia Civil e aguarda um número oficial com relação as mortes violentas.

Fonte das Informações: Polícia Militar de Patos de Minas

- Continua depois da publicidade -

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- Continua depois da publicidade -