Ataque em Londres: tiros e mortes causam pânico em frente ao Parlamento

Compartilhe

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS!
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Polícia confirmou a morte de quatro pessoas. A área segue isolada.

Há vários feridos em estado grave.
Foto: Reprodução

A Polícia Metropolitana de Londres informou que quatro pessoas morreram em um “ataque terrorista” realizado nos arredores do Parlamento no início da tarde desta quarta-feira. Um porta-voz da Scotland Yard disse que entre os mortos estavam uma mulher, um policial que fazia a segurança do Parlamento e o principal suspeito de ter realizado o ataque.
Pelo menos 20 feridos estão sendo tratados em hospitais, vários deles em estado grave. A maioria deles foi atropelada por um carro que dirigia em alta velocidade pela ponte de Westminster em direção ao Parlamento.
Um médico diz que algumas das vítimas têm ferimentos “catastróficos”. O veículo atropelou pelo menos 12 pessoas, entre elas, três policiais que voltavam de uma cerimônia.
O carro bateu contra a grade das cercanias do Parlamento, Um homem armado com uma faca saiu do veículo e tentou entrar correndo no Parlamento, um dos principais cartões postais de Londres (é onde fica o Big Ben). Ele esfaqueou um policial e depois foi atingido a tiros pela polícia. O suspeito e o policial esfaqueado morreram.
BBC Brasil
22/03/2017

QUAL SUA OPINIÃO? COMENTE!

guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
A responsabilidade pelo comentário é totalmente do respectivo autor. Comentários com 15 votos negativos a mais que positivos serão removidos automaticamente. Achou um comentário ofensivo? Clique em "denunciar".

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NEWSLETTER

REPORTAR ERRO

Sua privacidade é muito importante pra nós! Usamos cookies, rastreadores, para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências. Os cookies não permitem acesso a informações particulares, como nome, endereço, etc. Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.