Assista a um filme com sua mãe

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Imagem: Pexels
Dia das mães? Fiquei a semana inteira refletindo sobre o que seria relevante escrever hoje. Como uma pessoa viciada em cinema, muitos filmes me vieram a mente, mas nada parecia certo. Eu queria falar sobre uma obra que exaltasse o papel da mãe na sociedade, mas olhando para aquela que fez tudo por mim, os filmes que conheço parecem muito vagos e superficiais. 
O cinema americano possuí padrões que já conhecemos há muito. A figura da mãe branca de classe média, que trabalha e ainda faz um belo jantar para o marido, está sempre presente. Já o cinema brasileiro, como podemos notar em Que horas ela volta?, possuí o hábito de retratar a mãe sofredora, que abdica da convivência com os filhos para poder sustentá-los.
Mas, o que o cinema esquece de explorar é a verdadeira figura materna. Aquela que ainda é mulher, possuindo inseguranças e limitações, desejos e sonhos. Aquela pessoa que pode não gerar a criança, mas que cuida com afeto e dedicação. A arte se esquece de dizer que as famílias são singulares e que essa figura, que geralmente é quem mantém todos unidos, é mais humana do que o que é apresentado nas obras para a massa.
Para as mulheres-mães (ou responsáveis representantes): Ficam as dicas para o fim de semana. As românticas, podem apreciar Questão de tempo. As que preferem comédia, Missão madrinha de casamento. As que curtem animação, o emocionante Kubo e as cordas mágicas. As fãs de musicais, o excelente La la land.  Por fim, as que não dispensam um bom suspense, vale a aposta no lançamento Corra!

Vale ressaltar que independente do gênero cinematográfico, o mais importante é compartilhar as duas horas de entretenimento em conjunto. Mais valioso do que qualquer presente, é investir tempo na família. Então assista a um filme, e mais importante, converse com a sua mãe nesse fim de semana.
Ana Paula Marques
12/05/2017
Triângulo Notícias
- Continua depois da publicidade -

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- Continua depois da publicidade -