Após protesto, motoristas de vans se reunirão com prefeitura do Rio

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Os motoristas de transporte alternativo que operam no município do Rio de Janeiro, depois de realizarem uma paralisação na manhã de hoje (19), conseguiram uma reunião com a Secretaria Municipal da Transportes. O encontro será no dia 28, às 14h.

A pauta de reivindicação da categoria envolve cerca de 15 itens. A principal cobrança é pela conclusão de um processo de licitação que teve início em agosto de 2016, no qual seriam emitidas 967 novas permissões e formado um quadro de reservas com 828 motoristas.

Hoje, a Câmara de Vereadores realizou uma audiência pública na Comissão de Transportes. O evento serviu de estímulo para a paralisação que começou a partir da 0h. Houve mobilização saindo de diversos bairros do Rio de Janeiro e centenas de vans foram estacionadas em locais próximos à Cinelândia, no centro da cidade. As galerias da Câmara ficaram lotadas para o acompanhamento da audiência.

A categoria alega ainda que diversas linhas licitadas não dão retorno aos permissionários e também não atendem às reivindicações dos usuários. Eles querem uma reorganização dos itinerários, para garantir a rentabilidade e o atendimento à população. De acordo com o Movimento de Defesa do Transporte Alternativo no município (MDTA), 90% do sistema têm linhas operando de forma deficitária.

Audiência pública na Câmara Municipal do Rio para discutir a situação do transporte alternativo. Durante a audiência, dezenas de vans permanecem estacionadas nas imediações da Câmara, no centro da cidade.

Dezenas de vans ficaram estacionadas nas imediações da Câmara, durante audiência pública sobre transporte alterantivo – Tânia Rêgo/Agência Brasil

Outra reivindicação é o cancelamento das multas aplicadas por operação fora de rotas previamente definidas.

Em nota encaminhada mais cedo à Agência Brasil, a Secretaria Municipal de Transportes disse que, nos últimos dois meses, cerca de 20 encontros foram realizados com a categoria. O órgão também informou que o grupo de trabalho que trata do assunto deve apresentar um plano de ação nos próximos dias. 

 

FONTE: Agência Brasil

QUAL SUA OPINIÃO? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. A responsabilidade dos comentários é integralmente de seus autores. Comentários que são considerados como spam ou ofensivos devem ser denunciados diretamente ao Facebook. O Patos Notícias se reserva ao direito de remover postagens que violem seus termos de uso ou as leis vigentes sem prévia notificação. 

NOTÍCIAS RELACIONADAS

REPORTAR ERRO

Sua privacidade é muito importante pra nós! Usamos cookies, rastreadores, para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências. Os cookies não permitem acesso a informações particulares, como nome, endereço, etc. Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.