Após espera de dois anos na rede pública, idosa pede ajuda para fazer cirurgia na rede particular

A mulher disse que sofre bastante com o crescimento desenfreado das pálpebras e pode perder a visão.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Uma idosa de 61 anos procurou a reportagem do PATOS NOTÍCIAS para pedir ajuda para uma cirurgia de urgência nas pálpebras, que cresce desenfreadamente. A equipe esteve na casa de Maria Aparecida Pereira Melo para acompanhar o caso dela, que mora com o marido e o filho. A cirurgia já foi aprovada pelo SUS, porém não há previsão de quando o procedimento será feito e dona Maria sofre com a dor e perda da visão.

Maria Aparecida reside na Rua São Geraldo, 286, no Bairro Cerrado. Além de sofrer com depressão, diabetes, pressão alta, problema na coluna e Psoríase, Maria Aparecida há dois anos começou a sentir um pesar e ver o crescimento desenfreado das pálpebras. A idosa então realizou consultas pelo SUS e pela rede particular, com a ajuda do irmão. Ela descobriu então que teria que fazer uma cirurgia, chamada de blefaroplastia.

 

“Blefaroplastia é a cirurgia plástica que melhora o aspecto das pálpebras superiores e inferiores, eliminando bolsas de gordura, rugas, flacidez e com isso rejuvenescendo a região em torno dos olhos”, segundo pesquisa feita pelo Patos Notícias no Google.

Dona Maria conta que vive da aposentadoria do marido João da Silva Melo, de 73 anos, e da ajuda do filho, que é pintor. Devido a descontos, João da Silva recebe cerca de meio salário e praticamente todo este dinheiro é usado para compra de remédios para ele, que sofre de cataratas, hepatite B e já teve AVC, e para dona Maria.

Maria pede ajuda para realizar a cirurgia pela rede particular, já que se cansou da espera pela rede pública. Ela afirma que qualquer tipo de ajuda é bem-vinda para que ela consiga fazer o procedimento. O telefone de contato dela é (34) 996625021.

Nossa equipe buscou informações sobre a situação de Maria Aparecida com a Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Patos de Minas que respondeu através de nota:

“Em resposta à solicitação de informações sobre a paciente Maria Aparecida Pereira Melo, o TFD informa que ela foi a uma consulta em Belo Horizonte na data de 10/11/2018. Em 05/09/2019 foi cadastrada na fila de espera na Central de Marcação de Consulta (em Belo Horizonte) e, desde então, o setor aguarda o agendamento, pois a demanda é grande, e as vagas ofertadas são poucas. O município não tem prestador de serviço para a cirurgia da qual ela necessita.”

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS