Após assassinato brutal, familiares de Keila Cristina clamam por justiça

Eles protestaram em silêncio na frente do Fórum Olympio Borges em Patos de Minas.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Familiares e amigos de Keila Cristina Miranda fizeram uma manifestação por justiça na tarde desta segunda-feira (25/07) na porta do Fórum Olympio Borges em Patos de Minas. Keila foi baleada pelo marido em abril de 2022 dentro da própria loja no bairro Sebastião Amorim e morreu dias depois no Hospital Regional Antônio Dias.

Nesta segunda-feira, a Justiça realizou a audiência de instrução e julgamento do caso. Os dois filhos de Keila e a sócia dela na loja, além de testemunhas, foram ouvidos. O advogado Alexandre Gonçalves, contratado pela família para auxiliar na acusação, acompanhou os depoimentos.

O acusado Ronan Custódio Miranda, de 47 anos, foi ouvido virtualmente, já que está preso no Presídio Sebastião Satiro em Patos de Minas.

Com camisetas estampadas com a foto de Keila Cristina, os manifestantes ficaram em silêncio. Além disso, eles encheram balões brancos e fizeram cartazes com pedidos de justiça.

A mãe de Keila, Maria Abadia da Silva, conversou com o Patos Notícias e falou sobre a dor de perder a filha de maneira tão trágica. Ela contou que a menina, de sete anos, sofre bastante com a morte da mãe. A guarda dela ficou com a avó materna e com e o irmão mais velho, Gustavo Miranda.

 Ai, meu Deus! E um pedaço que foi embora no meu coração (…) A menina dela está comigo e a gente pede justiça porque a menina também está se sentindo muito mal.

O irmão de Keila, Willian Silva Rosa, contou que a filha dela chora bastante com saudades da mãe. A garota também participou da manifestação na frente do Fórum.

O tempo passa, a gente acha que vai amenizar, mas a dor acaba que só aumenta, entendeu?

Os familiares também temem pela segurança dos filhos caso Ronan Custódio deixe a prisão. Segundo eles, após o crime, Ronan teria ido na escola da filha e a ameaçado. Os filhos mais velhos também teriam sido ameaçados.

Saiba mais sobre o crime:

QUAL SUA OPINIÃO? COMENTE!

3 Comentários
O mais novo
Mais antigo mais votado
Inline Feedbacks
View all comments
Pirilampo da Silva
26/07/2022 11:01

Feminicidio, infelizmente mais um pra estatística nesse país machista, misógino, das armas, das milícias, da violência e da injustiça.

Aline de Souza
25/07/2022 22:17

Triste,fim , mas esse crápula tem que pagar, justiça seja feita imprensa vamos ficar nesse tema bora meter pra cima ,esse covarde não pode sair , .

Ana maria
25/07/2022 16:58

O problema é que a lei do Brasil é muito frouxa
Muito triste saber que um monstro desses em pouco tempo estará nas ruas

A responsabilidade pelos comentários é dos respectivos autores. Eles não representam a opinião do Patos Notícias. Comentários com 15 votos negativos a mais que positivos são removidos.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

REPORTAR ERRO

Usamos cookies para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências.  Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.