Ao tomar posse, Alexandre Parola destaca papel público da EBC

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Ao tomar posse hoje (2) na presidência da Empresa Brasil de Comunicação (EBC), o embaixador Alexandre Parola, 52 anos, ressaltou que a instituição é um “bem público que pertence à sociedade brasileira”. O diplomata elogiou o desempenho da empresa e pediu o apoio de todos para manter os bons resultados.

Brasília - O embaixador Alexandre Parola, 52 anos, assume hoje (2) a presidência da Empresa Brasil de Comunicação (EBC). Parola assume no lugar do jornalista Laerte Rimoli.

Brasília – O embaixador Alexandre Parola assume a presidência da EBC – Marcello Casal Jr/Agência Brasil

“Graças aos esforços, a EBC tem o prêmio de gestão do Ministério do Planejamento e cumpre metas”, disse o embaixador. “Conto com o apoio de todos e agora é trabalhar.” 

Parola assumiu o lugar do jornalista Laerte Rimoli, que na cerimônia de transmissão de cargo, destacou a qualidade dos profissionais da EBC. Segundo Rimoli, os profissionais são qualificados, e o caminho da empresa é o melhor possível.

A solenidade ocorreu na sala da presidência da EBC e contou com a presença da diretora-geral da EBC, Christiane Samarco, do secretário especial da Secretaria Especial de Comunicação Social da Casa Civil, jornalista Márcio Freitas, diretores e gerentes da EBC.

Por dois anos, Parola foi porta-voz do governo Michel Temer, antes, em 2002, cumpriu a mesma função na gestão do então presidente Fernando Henrique Cardoso.

Saneamento

Após dois anos à frente da EBC, o jornalista Laerte Rimoli saneou as contas da instituição. Em 2016, Rimoli recebeu a empresa com um déficit projetado de R$ 95 milhões, além de contratos que deveriam ser revistos e vários problemas de infraestrutura. Para 2018, o orçamento estimado é de R$ 182 milhões, e investimentos, na ordem de R$ 10 milhões.

Rimoli implantou um modelo de sistematização de custos, com registro em tempo real de despesas, e cortou gastos. Em 2017, o jornalista conseguiu bater recorde de investimentos, no valor de R$ 27 milhões.

Com estas ações, o jornalista transmite a presidência da EBC com situação financeira equilibrada para Parola. A EBC, que reúne um conglomerado de mídias, tem ao longo do ano os desafios de duas grandes coberturas: a Copa do Mundo da Rússia e as eleições de outubro.

Na gestão Laerte Rimoli, a TV Brasil estreou a nova grade programação, com foco na programação infantil e na produção jornalística. O regionalismo ganha destaque a partir da parceria com emissoras públicas locais de Minas Gerais, Goiás, Pernambuco, Rio Grande do Sul e Bahia, com a chamada TV de Todos os Brasis.   

FONTE: Agência Brasil

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS